Páginas

quarta-feira, 30 de abril de 2008

criança esperança

aí eu estou lendo o shoe me e descubro que claudia leitte resolveu se aventurar pelo mundo da poesia. aí eu vou ler a matéria original, com o poema na íntegra. aí eu vou ficar calada e deixar para vocês tirarem as suas próprias conclusões:

Claudia Leitte se arrisca como poeta

A ex-cantora do Babado Novo, que recentemente iniciou sua carreira solo, resolveu embarcar em uma empreitada distinta. Claudinha Leitte adentrou um outro campo da criação artística humana e criou um poema dedicado à sobrinha, sendo o mais recente nome a se juntar a um espectro que compreende Gregório de Mattos (1633-1696), Carlos Drummond de Andrade (1902-1987) e Manuel Bandeira (1886-1968) na produção histórica nacional.

O título, em latim, significa que “nem tudo aquilo que é lícito é honesto”. O poema abaixo, enviado por sua assessoria de imprensa, é apresentado na íntegra e na versão original.

“NON OMNE QUOD LICET HONESTUM EST.”

Gosto de criancas.
Tem aquelas mais espertas, as quietas.
Ateh as mais sapecas sempre dao paz.

Criancas sem dentes,
Criancas que riem,
Criancas na praia,
Criancas nao sao iguais.

Seus sorrisos sao verdadeiros
Em suas mentiras nao ha desespero
Sao soh fantasias,
Ou medo dos pais

Uma crianca eh como uma estrela
Estamos no ceu se podemos te-la
Olhamos para o ceu se queremos ve-la.

E lhe ensinamos:
A soltar pipas,
Fazer rimas,
Ou um barco, se nao gostar de rimar.

“Vah a escola,
Coma sua merenda,
Sonhe!
Aprenda!

Porque quem sonha alimenta o futuro,
Pode ateh temer o escuro,
Mas sabe que tudo pode superar.”

Crianca brinca o dia inteiro.
“Volte pra casa, menino, entre logo no chuveiro
Depois vah se alimentar…”

“Se nao comer, nao brinca,
Se nao estudar, nao vai ao aniversario da Julia.
Se voce errou, nao minta.
O que voce fez assuma.”

A educacao, o cuidado.
O amor, o preparo.
Privilegios para poucos,
Anseios dos “loucos”?

Pipa, Papel.
Hein?
Barco.
“Nao, Senhor, eu fugi de trem.”

Escola?
“Ah! Merenda.”
Se comer, apanha!
Quer viver, aprenda!
Aprenda logo a roubar.”

Quantos anos voce tem?
“Aqui eh terra de ninguem,
Nao tem aniversario,
Mas eu pratico o conto do vigario,
quer que eu te ensine tambem?”

Nao ha respeito.
Nao ha lei.
Todo dia uma crianca morre,
Ninguem diz: “eu matei”.

Pedofilos, Parasitas, Patifes
e ateh um bando de Politicos.
Baratas, Barbeiros e outros mosquitos.

Uns repousam sobre as feridas e as remelas,
outros trazem febre, que nao importa se eh amarela,
fazem a crianca colorida, acinzentar.

Barrigas grandes de vermes,
Braços pequenos carregando armas.
O menino que nao sabe se defender,
Aprende que tem que matar para nao morrer.

Silencio de um povo que segue
Porque o seu umbigo eh a piscina onde se nada.
Nada. None!
Todo dia uma criança some.
Nada! E mais Nada!
Todo dia tem uma violentada!

Ninguem faz absolutamente nada!
Ninguém eh suficientemente homem.
A gente se senta e come
Enquanto a criança eh enterrada!

Umas são espancadas,
Outras caem de um arranha-ceu
Uma família eh indiciada,
A outra experimenta do mais amargo e puro fel.

Minta, chore, mas corra.
“Ei, menina, não conte a ninguém,
Ao que eu disser, diga: amem
Essa eh a lei, ou então morra.”

E o silencio sempre reverbera.
Nesse mundo onde a beleza impera,
Nao tem espaco para a crianca sonhar.

E a gente que nao eh crianca,
Nem pensar em cochilar!
Pedir a Deus pra nao nos deixar sentir a dor da mae de Isabella,
Acreditar na historia da Cinderela
E continuar a caminhar.
Se “nem tudo que eh licito eh honesto”,
Apenas a confianca no PAI nos ajuda com o resto.

(para ler a matéria no local de origem, clique aqui)

e depois as pessoas não entendem porque uma de minhas frases preferidas é "diga que não é verdade!"...

mas, sério, eu super senti uma vibe cinderela bahiana? digam se não é?




(voz monocórdia) "Me dê isso, menina. Você deveria estar brincando e estudando, não jogada na estrada, pra ganhar uns miseros trocados, pra matar a fome. Vai, passarinho, você, como as crianças, também tem o direito à liberdade (abre a gaiola e expulsa os passarinhos). De que adiantam essas campanhas demagógicas se estas crianças continuam aqui na estrada e com fome (joga a enxada). Todos os pequeninos merecem proteção, alimentação, amor e paz (faz a pomba da paz).". (/voz monocórdia)

e aí todos começam a dançar "pau que nasce torto nunca se endireita". super contextualizado!

observação 1: "vai, passarinho etc" me lembra aquela piada que termina com o bêbado jogando cotoco no mar e dizendo "vai, tartaruguinha, volta pro mar!".

observação 2: vocês acreditam que eu já assisti cinderela bahiana integralmente?

o frio é relativo

eu amo meia-estação. infelizmente, isso é algo que não existe mais. ou vocês acham normal que no fim de semana tenha feito 30°C, segunda idem, ontem o tempo tenha começado quente e abafado, aí veio uma chuva com frente fria e hoje está em torno de 14°C?

mas isso é são paulo. pra que coerência climática? não é muito mais emocionante passar por quase todas as estações do ano e fenômenos climáticos num só dia? (não, não é)

para comemorar a frente fria que chegou em pleno feriado, relembro uma piada que circulava por e-mail ano passado (bom, eu conheci no ano passado). desconheço a autoria, mas, no que diz respeito aos baianos, é bem verdadeira (eu estou fora deste estereótipo, mas quando morava lá, já fui assim).


O frio é relativo

30ºC ou mais
Baianos vão à praia, dançam, cantam e comem acarajé.
Cariocas vão à praia e jogam futebol.
Mineiros comem um "queijim" na sombra.
Todos os paulistas estão no litoral e enfrentam 2 horas de fila nas padarias e supermercados da região.
Curitibanos esgotam os estoques de protetor solar e isotônicos da cidade.


25ºC
Baianos não deixam os filhos saírem ao vento após 17h.
Cariocas vão à praia, mas não entram na água.
Mineiros comem um feijão tropeiro.
Paulistas fazem churrasco nas suas casas do litoral, poucos ainda entram na água.
Curitibanos reclamam do calor e não fazem esforço devido ao esgotamento físico.


20ºC
Baianos mudam os chuveiros para a posição "Inverno" e ligam o ar quente das casas e veículos.
Cariocas vestem um moletom.
Mineiros bebem pinga perto do fogão a lenha.
Paulistas decidem deixar o litoral, e começa o trânsito de volta para casa.
Curitibanos tomam sol no parque.


15ºC
Baianos tremem incontrolavelmente de frio.
Cariocas se reúnem para comer fondue de queijo.
Mineiros continuam bebendo pinga perto do fogão a lenha.
Paulistas ainda estão presos nos congestionamentos na volta do litoral.
Curitibanos ainda dirigem com os vidros abaixados.


10ºC
Decretado estado de calamidade na Bahia.
Cariocas usam sobretudo, cuecas de lã, luvas e toucas.
Mineiros continuam bebendo pinga e colocam mais lenha no fogão.
Paulistas vão a pizzarias e shopping centers com a família.
Curitibanos botam uma camisa de manga comprida.


5ºC
Bahia entra no armagedon.
Cesar Maia lança a candidatura do Rio para as Olimpíadas de inverno.
Mineiros continuam bebendo pinga e quentão ao lado do fogão a lenha, que já se assemelha a uma fogueira de São João.
Paulistas lotam hospitais e clínicas devido às doenças causadas pela inversão térmica.
Curitibanos fecham as janelas de casa.


0ºC
Não existe mais vida na Bahia.
No Rio, Cesar Maia veste 7 casacos e lança o "ixxxnoubóardi in Riiio".
Mineiros entram em coma alcoólico ao lado do fogão a lenha.
Paulistas não saem de casa e dão altos índices de audiência a Gilberto Barros, Gugu Liberato, Luciana Gimenez e Sílvio Santos.
Curitibanos fazem um churrasco no pátio... antes que esfrie.

p.s. e só na bahia existe a lenda urbana do "tá 22°C, mas com sensação térmica de 15°C".

música do dia: toxic - yael naim

mais uma obra de carol nêga, que me mandou essa mp3 e eu não-consigo-parar-de-ouvir.

confesso: eu gosto de britney spears. não idolatro, mas me divirto com as músicas dela, mesmo ela tendo uma voz podre.

essa versão ficou bem bonitinha. ó pra vocês:

algumas esquisitices minhas

sabe aquelas coisas que parece que o mundo todo gosta, ou todo mundo fez, ou todo mundo viu, menos você?

pois é. estou pensando em falar sobre isso já tem uns dias. fiz uma lista, que não é, de forma nenhuma, definitiva.

1) não vi tropa de elite.
acho que sou a única pessoa que ainda não viu esse filme. aconteceu que todo mundo começou a ver, e de repente o mundo virou um grande lugar onde se usavam bordões do capitão nascimento em qualquer situação. você passava os dias ouvindo "pede pra sair, zero dois!", "põe na conta do papa", "tá com medinho, zero dois?", "o senhor é um fanfarrão!" e "não vai subir ninguém!". aí eu peguei paúra do filme porque era só disso que se falava, era a bola da vez. depois disso, começaram as reações reacionárias (sic) que as pessoas se permitiram externar por causa do filme, tipo "bandido bom é bandido morto" e "direitos humanos são só pros bandidos". enfim, fui deixando, fui deixando, e até hoje não vi.

2) não sou fã de mousse de chocolate.
não odeio, de forma alguma, mas é o tipo de coisa que eu não peço, nem que seja a única sobremesa do restaurante. se for servida na casa de alguém, como, mas não é algo que eu idolatre. idem pra torta mousse. aliás, pensando bem, eu gosto de chocolate, mas não sou daquelas que sempre vai escolher a sobremesa feita com chocolate, o que já é bem esquisito.

3) não assisto BBB.
embora até acompanhe via internet e blogs, não assisto. aliás, eu queria entender porque me dou ao trabalho de acompanhar de alguma forma, tendo em vista que não entendo o motivo do programa mobilizar tanta gente. sim, pessoal, eu imagino que a maioria de vocês veja e goste, e, por favor, não tentem me catequizar ou me convencer a assistir (nada contra quem gosta, mas não é a minha). voltando: deve ser para conseguir conversar com as pessoas durante os 3 meses de programa, ou, no caso dos blogs, porque são divertidos. mas não curto esse tipo de programa, nem gostei de no limite, nem vi casa dos artistas. na verdade, pensando bem, eu devia ter chamado esse tópico de "não vejo TV", já que esta é uma atividade à qual eu dificilmente me entrego.

4) nunca vi dirty dancin', e só vi top gun uma vez, quando eu já estava na faculdade (e claro, não gostei).
auto explicativo. e tem mais mil filmes velhos que todo mundo viu, na sessão da tarde, inclusive, e que eu nunca assisti, mas a preguiça me impede de pensar quais são e listá-los aqui. mais alguns: duna, clube dos cinco, karatê kid, o sol da meia noite... sem falar em rambos, rockys e cobra(s) (stallone não dá muito ibope comigo, notem), além de filmes de jason e freddy krueger. isso não me impede de conhecer cenas clássicas, frases e afins, mas ver, mesmo...
o engraçado é que, em compensação, tem outros filmes que eu vi milhares de vezes, como footloose, flashdance, trânsito muito louco, apertem os cintos... o piloto sumiu!, indiana jones 1, 2 e 3, os goonies... indiana jones e o templo da perdição deve ser recorde, durante uma semana eu e minha irmã assistimos TODOS OS DIAS, almoçando pizza. isso nos idos de 1989.

5) não gosto de chaves e chapolin.
JU-RO que tentei assistir. e olhem que eu gosto de programas trash. mas eu NÃO EN-TEN-DO por que as pessoas gostam. e nem porque está no ar há tanto tempo. enfim, mais mas coisa que me deixa com a sensação de que eu sou um ET.

6) meu celular é mega básico.
pra mim, celular é pra telefonar. o meu não tem câmera, não toca mp3, não tem nenhuma função plus, e, sinceramente, isso não me faz falta nenhuma. no dia em que eu quiser fotografar, usarei uma câmera. quando quiser ouvir música, vou usar o objeto adequado para tanto. mas aí é que está, vejamos os itens 7 e 8 dessa lista.

7) não tenho câmera digital.
na verdade, eu gosto de fotos. mas não o suficiente para lembrar de tirá-las. com exceção de viagens (e aí minha irmã é a encarregada), claro. mas essa coisa de fotografar o dia-a-dia não é pra mim. e confesso, ainda tenho vergonha quando as pessoas saem comigo em são paulo e ficam querendo tirar fotos absurdas de tudo. eu sempre falo "olhe, você é turista, mas eu moro aqui, bróder! que amizade é essa?". enfim, mas também adoro ter as fotos depois. e tenho a sorte de ter amigos que gostam de me fotografar.

8) não tenho mp3 player.
essa é grave, muito grave. eu baixo música, tenho uma quantidade absurda de coisas aqui no computador (algo tipo 136 Gb), mas tenho um discman que sequer toca cds de mp3. sim, um discman! no ano 2008! eu juro que queria um iPod ou mesmo um iPobre, mas enrolo, enrolo, e até hoje não tenho.
claro que depois que até MEU PAI apareceu com um iPod de 80 Gb, todo fofis de foninhos brancos, eu achei um pouco demais, e agora estou escolhendo um nano pra mim, que ele providenciará e eu pagarei.

aliás, me apaixonei pelo nano vermelho que só vende pelo site da apple. olhem que fofo:


EU QUERO! como fas///?//

terça-feira, 29 de abril de 2008

isopower!

eis que sábado estavámos eu e minha amiga nega no consulado mineiro, almoçando às 19h. é sério. tá, a gente estava tomando umas cervejas também.

pra quem não sabe, o consulado mineiro fica na praça benedito calixto, onde se reúne uma galera muderna todo sábado em são paulo. tem um monte de barracas com antigüidades e artesanato (não aquelas coisas em biscuit e ponto cruz não, tem umas coisas bem bacanas). tem umas lojas maravilhosas ao redor da praça, e uma espécie de galpão onde eles puseram stands com tudo o que você sempre sonhou em comprar e não sabia onde achar (vários deles, por sinal, estão no domingo na feira do center 3), como almofadas, bolsas, roupas descoladas, acessórios, caixinhas e móveis customizados, enfim, é o paraíso e o inferno na terra.

a feirinha acontece enquanto o dia está claro. até umas 17h, quando a parada começa a arrefecer aos poucos. o que não significa que o pessoal que está por lá piriguetando vai querer ir embora. solução? mais ou menos a partir desse horário começam a aparecer uns vendedores de bebida com seus isopores.

isopor, gente. vocês sabem do que um isopor é capaz? pois então. a irmã de uma amiga minha, certa feita, foi ao dique do tororó assistir à encenação da paixão de cristo, em plena sexta-feira santa. chegou de volta em casa totalmente bêbada. indagada sobre como ela tinha conseguido a proeza de se embriagar assistindo à paixão de cristo, ela responde: "isopor, minha gente. tinha isopor espalhado por tudo quanto é canto".

é isso. aí que às 19h, no meio da nossa fofoca, começa uma vaia absurda do lado de fora do restaurante, na praça, além de mil gentes buzinando. tipo, manifestação popular total. vamos para a varanda ver o que se passava e adivinhem? a praça benedito calixto tinha se transformado em algo parecido com uma lavagem de medicina, com mil pessoas andando pra lá e pra cá, bebendo todas, e não deixando espaço pros carros. aí um dos carros barrados pela massa humana deve ter se afobado, acelerou, semi-atropelou um transeunte, e começou a baixaria. e o motorista, que deve ser oligofrênico, ainda me sai do carro pra querer brigar (mas voltou logo).

aí eu disse: "nega, sabe quem é o culpado disso tudo? isopor! se não tivesse nenhum aí, nada disso teria acontecido. aliás, não ia ter um pé de pessoa aí".

pois é, minha gente. em casos de embriaguez improvável, vá ver que o culpado não é o mordomo; é o isopor. ele não é danoso apenas à camada de ozônio, não...

segunda-feira, 28 de abril de 2008

gostinho de missão cumprida

então, que alívio refrescante é estar com a declaração do IR finalizada e enviada!

por sinal, quem ainda não fez a sua, se lembre que o prazo final é 20:00h do dia 30/04 (tipos, depois de amanhã) e o site vai estar bombando. então go, go go!

(falou a pessoa que ACABOU de mandar a sua e está toda se achando com moral pra dar lição nos outros)

atrás da verde-e-rosa só não vai quem já morreu...

(post dedicado a dea, que já sambou na mangueira. um dia eu chego lá!)

hoje a estação primeira de mangueira, mnha escola de samba preferida, comemora 80 anos de existência.

mas por que escolhi a mangueira? não sei. talvez por causa de meu pai, que, nos carnavais que passamos em arembepe, assistindo ao desfile de escolas de samba na TV, sempre torcia pela mangueira (embora gostasse de joãosinho trinta, e, na verdade, fosse mesmo fã é do bacalhau do batata, que é de recife e não tem nada a ver com esse post).

caetano, no disco "livro", talvez tenha encontrado a resposta:


A Bahia,
Estação primeira do Brasil
Ao ver a Mangueira nela inteira se viu,
Exibiu-se sua face verdadeira.
Que alegria
Não ter sido em vão que ela expediu
As Ciatas pra trazerem o samba pra o Rio
(Pois o mito surgiu dessa maneira).
E agora estamos aqui
Do outro lado do espelho
Com o coração na mão
Pensando em Jamelão no Rio Vermelho
Todo ano, todo ano
Na festa de Iemanjá
Presente no dois de fevereiro
Nós aqui e ele lá
Isso é a confirmação de que a Mangueira
É onde o Rio é mais baiano.

vamos considerar que já são 2 sambas-enredo, que eu me lembre (e não vou googlear nada porque não tenho a pretensão, aqui, de ser exata, e sim de falar, com o coração, de algo de que gosto), que falam sobre a bahia: o sobre os doces bárbaros (que dá título a esse texto) e um, bem mais velho, que cantava assim: "tem xinxim e acarajé, tamborim e samba no pé...". então, acho que tem um fundo de verdade na música acima.

mas, seja pelo motivo que for, com ou sem explicação, a mangueira é a minha escola de samba do coração.

p.s. pelamor, acabem com aquela piada sobre carnaval, ver a mangueira entrar e tal. já deu, gente.

disco umbanda - agora em sua casa!

se você viu fernando santos rodopiando (clique aqui se você não tem idéia do que eu estou falando), adorou e quer animar a sua próxima festa com a disco umbanda, seus problemas acabaram!

clicando no link abaixo, você terá em mp3 o áudio do vídeo - incluindo a sensacional introdução de carlos imperial!

http://rapidshare.com/files/105597157/Disco_Umbanda.mp3.html

(agradecendo a duda por nos proporcionar esta mp3)

quando a realidade consegue ser mais bizarra do que eu seria capaz de conceber

várias pessoas estão chocadas (eu disse chocadas, não indignadas, porque isso é cabível) com o caso da menina isabella, como se pais não fossem capazes de atentar contra seus descendentes e tal. não acho que o mundo comprove essa teoria (casos de pais e mães matando filhos e vice versa são relativamente comuns). de qualquer forma, ainda existem certas notícias que, em que pese todo o histórico de "a humanidade consegue ser uma merda quando quer", ainda me deixam boquiaberta. foi o caso da notícia do pai austríaco que manteve sua filha em cativeiro durante 24 anos, e é supostamente pai dos 7 filhos que ela teve nesse período. a tal filha está atualmente com 42 anos. 42 anos! e o cativeiro era o porão da casa onde ele morava, aparentemente com a esposa, mãe da filha.

a notícia é essa daqui (clique aqui para ler no local de origem):

Polícia acha miniapartamento em porão onde mulher ficou 24 anos

A polícia austríaca encontrou uma espécie de miniapartamento por trás da porta que supostamente trancou por 24 anos uma mulher mantida em cativeiro e abusada sexualmente por seu próprio pai.

O incidente, que deixou em choque a pequena Amstetten, a cerca de 130 quilômetros da capital, Viena, atraiu a atenção da imprensa e deixou muitos austríacos recordando o caso da menina Natasha Kampusch, que passou oito anos em cativeiro.

A polícia não faz uma ligação entre os dois casos, mas a enviada da BBC a Amstetten, Bethany Bell, diz que a nova revelação está fazendo muitos no país questionarem a razão de histórias semelhantes passarem despercebidas.

Neste domingo, a polícia austríaca anunciou ter prendido um homem de 73 anos identificado como Josef F., sob suspeita de ter mantido sua filha, hoje uma mulher de 42 anos identificada como Elisabeth F., em um porão por 24 anos e abusado dela ao longo deste período.

As autoridades revelaram que Elisabeth vivia no porão com três crianças --de sete que pai e filha teriam tido no total. Segundo os investigadores, três crianças foram adotadas ou criadas pelo suspeito e sua mulher, e uma morreu pouco depois do parto.

Eles disseram que a mulher, Rosemarie, parecia desconhecer os crimes do marido. O porta-voz da polícia, Franz Polzer, disse que chegou ao porão depois que Josef informou um código para destravar as portas.

"Não havia apenas um, mas vários quartos", disse ele. "Um para dormir, um para cozinhar, havia também instalações sanitárias."

Segundo ele, o local tem chão irregular. Um corredor "muito estreito" leva a uma porta "muito pequena", que obriga uma pessoa a se abaixar para entrar, ele descreveu.

"Tudo é muito, muito estreito e a própria vítima, a mãe dessas seis ou sete crianças, nos disse que o espaço ia sendo continuamente ampliado ao longo dos anos", informou Polzer.

Descoberta

Quando Elisabeth desapareceu, em 28 de agosto de 1984, seus pais receberam uma carta escrita à mão em sua caligrafia, pedindo-lhes que parassem de procurá-la. Na época, as autoridades assumiram que ela havia fugido de casa.

Naquele dia, na verdade, Josef tinha conseguido atrair sua própria filha para o porão, drogando-a e algemando-a antes de trancá-la, de acordo com o depoimento da vítima à polícia. Elisabeth disse que sofria abuso desde os 11 anos de idade.

Sua existência só foi descoberta depois que uma de suas filhas, Kerstin, de 19 anos, ficou seriamente doente e teve que ser levada a um hospital, na semana passada. Os médicos que a examinaram requisitaram que a mãe comparecesse ao hospital para relatar o histórico de saúde da filha, contou a polícia.

Josef teria então liberado tanto Elisabeth quanto as outras duas crianças --que só então viram a luz do sol pela primeira vez -, contando à sua mulher, Rosemarie, que a filha havia decidido voltar para casa.

Ele foi preso pouco depois. Testes de DNA estão sendo realizados para estabelecer se se trata do pai das seis filhas de Elisabeth. A mãe e as crianças estão agora sob cuidados das autoridades, recebendo atenção médica e psicológica.

segundo eu soube hoje de manhã, o pai confessou o cativeiro e admitiu que é pai dos 7 filhos, e que queimou o corpo do que morreu depois de nascer.

a polícia ainda tem dúvidas a respeito de como josef conseguia alimentar e cuidar de 4 pessoas dentro do cativeiro, e de como ele teria ajudado a filha a dar à luz 7 bebês.

é muita coisa bizarra junta. abuso sexual (que é trash mas, infelizmente, ao que parece, bastante comum), cativeiro, ninguém ter descoberto durante todo esse tempo, 3 crianças morando lá embaixo sem nunca terem visto a luz do sol, um puxadinho subterrâneo... confesso, estou confusa e horrorizada.

brechó online (incentivando o coleguinha)

gente, uma amiga resolveu montar um blog para se desfazer de coisas (roupas, acessórios) que ela não usa mais. um brechó online. ou, nas palavras dela mesma:

"Bom, resolvi começar esse blog na onda dos brechós on-line. Considerando que as pessoas passaram a dar valor àquilo que pode ser garimpado nesse tipo de loja - correndo o risco de encontrar raridades e peças interessantes por preços razoáveis - e que juntei uma grande quantidade de coisas ao longo de uma vida algo consumista, resolvi oferecer peças e acessórios meus.Vou anunciando algumas peças por dia e, quem se interessar, me mande um e-mail (
moetmoetmoet@gmail.com).
O valor das peças não inclui o frete (que pode ser calculado no site dos Correios - link aí ao lado).
Que as minhas coisinhas queridas encontrem bons novos donos!"

o endereço é
http://tesourodeoutro.blogspot.com/. eu recomendo, e já arrematei um anel lindo dela que sempre me fez suspirar.

aliás, se eu tivesse um pouco mais de tempo, adoraria fazer o mesmo, e botar coisas pra vender pela internet. mas, como não vai rolar, alguém aí tem algum brechó em são paulo que poderia se interessar em comprar roupas, sapatos e acessórios meus?

voltando

Pode ir armando o coreto
E preparando aquele feijão preto
Eu tô voltando
Põe meia dúzia de Brahma pra gelar
Muda a roupa de cama
Eu tô voltando

o caso é que este "voltando" tem mais de um significado. enfim, feliz, um pouco triste, suspirante.

domingo, 27 de abril de 2008

pára um pouquinho, descansa um pouquinho...

gente, não cansei do blog, não. é só que o fim de semana com amigos me impede de sentar aqui para escrever, mas já tenho várias idéias para futuros posts devidamente anotadas, esperando só aparecer tempo.

me aguarden amanhã!

quarta-feira, 23 de abril de 2008

salve jorge!


ontem, dia 23/04, foi dia de são jorge. é, aquele que diziam que morava na lua, junto com seu cavalo e o dragão. praticamente o homem de marlboro no espaço.

não posso me dizer devota de são jorge porque não me considero devota de nada. sou simpatizante, no máximo. alguns anos, faço promessa pra ele, as vezes pedindo algo, às vezes só pela contrição de um mês pra ganhar moral com o santo. ah, as superstições. são, como as cartas de amor de pessoa, ridículas, mas e daí? sou assim, contraditória.
a wikipedia tem um capítulo bacaninha chamado "são jorge na cultura pop". separei algumas coisas que achei interessantes:

- Dia 23 de abril para algumas das religiões afro-brasileiras é o dia de São Jorge no Brasil, dia que se faz homenagens ao santo guerreiro.
- Jorge de Capadócia é uma música de Jorge Ben, interpretada também por Caetano Veloso, Fernanda Abreu e pelos Racionais MC's.
- As tatuagens com o Santo Guerreiro estão entre as que fazem mais sucesso no Brasil.
- Atualmente existe uma grande variedade de produtos de moda que possuem a estampa de São Jorge. Vão desde simples camisas até mesmo bolsas de marcas famosas. Muito além das fronteiras religiosas, São Jorge virou um ícone pop, especialmente no Brasil.
- São Jorge é tido como o padroeiro do Corinthians. Acredita-se que sua história de devoção e fidelidade à Verdade cristã até o fim de seu martírio seja a origem do termo Fiel, popular entre os torcedores e presente em várias agremiações corintianas.
- São Jorge é considerado o Santo Padroeiro dos Jogadores de RPG.
- Na Umbanda, no Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e São Paulo São Jorge é identificado com Ogum.

no candomblé, ele é oxóssi. e devo confessar que sou uma das que tem camiseta, vela, estátua, escapulátio e mais coisas com a figura dele.

Oração a São Jorge
Eu andarei vestido e armado com as armas de São Jorge para que meus inimigos, tendo pés não me alcancem, tendo mãos não me peguem, tendo olhos não me vejam, e nem em pensamentos eles possam me fazer mal.
Armas de fogo o meu corpo não alcançarão, facas e lanças se quebrem sem o meu corpo tocar, cordas e correntes se arrebentem sem o meu corpo amarrar.


SALVE, JORGE!

repitam o mantra: consumir e gozar! e não estocar!

isso foi publicado na folha de são paulo, no dia 14/04, na coluna de mônica bergamo (é a coluna social da folha - clique aqui, mas tem que ser assinante UOL ou folha), e o mundo precisa ler. e eu, seguindo a tradição de mamãe, coloco aqui para conhecimento de todos.

gente, é tão absurdo que, por enquanto, eu vou só negritar o que eu achar melhor/pior.

e já adianto, acho lindo as pessoas serem ricas e poderem gastar dinheiro livremente. não sou muito adepta dessa coisa de "as crianças da áfrica passando fome, morra de culpa". se não roubou ninguém, e está tudo nos conformes... mas não precisa passar ridículo, e nem ostentar.

e em última instância, é super defensável o "não estocar". mas... não fode, gente.

________________________________________________________
Mônica Bergamo

"Consumir e gozar! E não estocar!"

Setenta empresárias e socialites se reuniram numa mansão do Jardim Europa, na semana passada, para ouvir uma palestra do "filósofo do luxo" Silvio Passarelli, coordenador de MBA da Faap sobre o tema. Entre flutes de Chandon rosé, cumbuquinhas de bobó de vieira e camarão e copinhos com salmão, relish de beterraba e ovas, elas assistiram à palestra "O Seu Tempo É o Seu Luxo", em que o economista, a convite da revista "Wish Report", fala sobre o tempo, o marxismo, o hedonismo -e o prazer inigualável do consumo sem grilos ou culpas de qualquer espécie.

A predominância do pensamento marxista impregnou o século 20, disse o professor. "Depois da superação do materialismo histórico, todos viveriam felizes e iguais. E eu me pergunto: como, se um tem cabelos loiros, o outro é moreno; um tem Q.I. de inteligência bruta maior, outro tem inteligência emocional?"

Já o atual liberalismo, diz, inaugurou a era do padrão individual de escolhas. Mas é preciso tempo. "De nada adianta acumular os bens se não temos tempo para usufruí-los", disse o professor. "É isso mesmo! É isso mesmo!", gritava, batendo palmas, a empresária Yara Baumgart, seguida pelas demais mulheres presentes. "Será a grande batalha do século 21: consumir e gozar, consumir e gozar! E não estocar", completava Passarelli. "Sabe a Imelda Marcos [ex-primeira-dama das Filipinas] e os 500 calçados? Será que ela os conhecia a todos? Será que estabeleceu com cada um deles uma história pessoal?" A anfitriã, Carin Mofarrej, da rede de hotéis, pede o microfone: "Eu considero um luxo fazer as coisas que você tem vontade. Fui fazer um curso na FGV, já com seis filhos, eles diziam: "Mãe, você é louca?". Mas aprendi, remocei. Nem sempre o luxo significa... óbvio, se a gente puder ter o melhor relógio, a melhor bolsa, a gente gosta. Mas usar uma sandália havaiana, em casa, é um luxo que só a idade te dá".

O microfone passa para a empresária Dayse Gasparian, que recomenda que as pessoas expressem seus sentimentos. "É preciso chegar em casa e dizer ao marido: "Eu te amo!"." Rosângela Lyra, da Dior, conta que vai sempre à praça da Sé, de madrugada, cuidar "dos meninos que cheiram crack". E completa: "As pessoas me perguntam: "Como você consegue fazer tanta coisa?". É simples. Tomei uma medida radical: não ver televisão".

Passarelli insiste na idéia de que as pessoas têm que "melhorar o seu estoque" de tempo. "Vamos perder a vergonha quando alguém perguntar: "O que você vai fazer amanhã?". Nada! Eu comprei um carro novo e vou passar o dia dedicado a esse brinquedo que eu me proporcionei. É preciso tempo para que o projeto emocional que o levou a adquirir aquele bem possa ser explicitado", prosseguiu o professor.

Para ele, é preciso "gradativamente trocar compromissos inúteis pelos úteis na busca de uma nova ética de consumo, que não seja marcada pela condenação de um produto supérfluo. Ora, quem tem condição de dizer o que é supérfluo? É supérfluo para ele, mas pode ser a diferença entre felicidade e tristeza para outro".

Fim da palestra. Carin serve sucos de uva com carambola e de maracujá com figo. A conversa continua em torno da mesa de doces -salada de frutas vermelhas, tortas, copinhos de merengue de fruta-do-conde com marshmallow brulée. Algumas das convidadas elogiam a serpente de ouro branco e safiras que Carin carrega no pulso. "Agora, sem culpas", diz ela. O evento chega ao fim.

terça-feira, 22 de abril de 2008

o poder é de vocês!

aí que são 23:57h, e ainda dá tempo de desejar ao planeta terra um feliz dia.

vai, planeta!

(eu não ia me perdoar se perdesse a chance de fazer essa piada cretiníssima)

óbvio ululante

saiu no migalhas nº 1.883 (www.migalhas.com.br):

"
???????
A Comissão de Viação e Transportes aprovou substitutivo ao PL 2.741/03 que obriga a divulgação, nas embalagens e na propaganda de telefones celulares, de advertência sobre o risco de acidentes causados pelo uso do aparelho ao dirigir. Falta agora um substitutivo para constar as advertências para desligar durante as sessões de cinema, teatro, salas de aula, etc. Como gancho no projeto, deveriam também fazer com que os fabricantes de sofá advertissem os consumidores para o risco de adultério. Cada coisa..."


gente, assino embaixo?

ah, o migalhas é um clipping de notícias político-jurídicas, super recomendo a quem é da área.

isso me fez lembrar de um e-mail que já circulou por aí, com o tíulo "embalagens portuguesas", que eu adoro! é esse (duda e fer já conhecem):

Embalagens portuguesas

Não dá para acreditar que estas advertências estão realmente escritas em embalagens de produtos vendidos em Portugal. As advertências aos consumidores abaixo foram colecionadas em hipermercados portugueses, em duas horas apenas, por um médico brasileiro que ministrou curso em Lisboa, a convite da OMS. Todas são absolutamente verdadeiras, inclusive os nomes dos produto:

Num secador de cabelos: "NAO USE QUANDO ESTIVER DORMINDO."
(Sei lá, você pode querer ganhar tempo.)

Na embalagem do sabonete anti-séptico Dial: "INDICAÇÕES: UTILIZAR COMO SABONETE NORMAL."
(Boa! Cabe a cada um imaginar pra que serve um sabonete anormal)

Em alguns pacotes de refeições congeladas Swan: "SUGESTÃO DE APRESENTAÇÃO: DESCONGELAR PRIMEIRO."
(É só sugestão, tá ok? De repente o pessoal pode estar a fim de chupá-las como picolé.)

Numa touca para a ducha: "VÁLIDO PARA UMA CABEÇA."
(Alguém muito romântico poderia colocar a sua e a da amada na mesma touca.)

Na sobremesa Tiramisú da marca Tesco, impresso no lado de baixo da caixa:
" NÃO INVERTER A EMBALAGEM."
(Opa! Se você leu o aviso, é porque já inverteu!)

No pudim da Marks & Spencer: "ATENÇÃO: O PUDIM ESTARÁ QUENTE DEPOIS DE AQUECIDO."
(Brilhante!)

Na embalagem do ferro de passar Rowenta de fabricação alemã: "NÃO ENGOMAR A ROUPA SOBRE O CORPO."
(Gostaria de conhecer a infeliz criatura que não deu ouvidos a este aviso)

Num medicamento pediátrico contra o catarro infantil, da Boots: "NÃO CONDUZA AUTOMÓVEIS NEM MANEJE MAQUINÁRIA PESADA DEPOIS DE TOMAR ESTE MEDICAMENTO."
(Tantos acidentes poderiam ser evitados se fosse possível manter esses travessos miúdos de 4 anos longe dos volantes dos carros e dos tratores Caterpillar)

Nas pastilhas para dormir da Nytol: "ADVERTÊNCIA: PODE PRODUZIR SONOLÊNCIA."
(Pode não, deve! Foi prá isso que eu comprei)

Numa faca de cozinha: "IMPORTANTE: MANTER LONGE DAS CRIANÇAS E ANIMAIS DE ESTIMAÇÃO."
(Será que lá os cachorros e gatos são ninjas disfarçados? Nunca vi nenhum mexer em faca!)

Numa caixa de luzes para decoração de Natal: "USAR APENAS NO INTERIOR OU NO EXTERIOR."
(Alguém pode me dizer qual é a 3ª opção?)

Nos pacotes de amendoim da Sainsbury: "AVISO: CONTÉM AMENDOINS."
(Mania de estragar as surpresas!)

Numa serra elétrica da Husqvarna, de fabricação sueca: "NÃO TENTE DETER A SERRA COM AS MÃOS OU OS GENITAIS."
(Kit de castração caseira?) - esse é o melhor!!!

Num saquinho de batatas fritas: "VOCÊ PODE SER O VENCEDOR. NÃO É NECESSÁRIO COMPRAR. DETALHES DENTRO."
(sem comentários)

Numa fantasia infantil de Super-Homem: "O USO DESSE TRAJE NÃO O TORNA APTO A VOAR."
(Olha como isso destrói a imaginação da criança!)

propaganda é a alma do negócio

minha mãe pediu a meu pai que comprasse um pente de cabelo pra ela. ela costuma usar da goody, o dela quebrou, enfim. aí ele aparece em casa com não apenas um pente, mas uma verdadeira ferramenta de estilização capilar do novo milênio.

segundo o texto da embalagem, "get ready to create a new you that others will envy with the so gelous detangling comb. this unique styling tool incorporates a plasmium gel handle for total confort. the durable, widely spaced teeth are ion infused to minimize flyaway hair and are great for detangling wet hair".

gente, é praticamente marco antonio de biaggi em forma de um pente de cabelo? um novo você? que será invejado por todos? e combatendo o anti frizz?

aqui está a foto da criança. quem vê, até pensa...



segunda-feira, 21 de abril de 2008

i am what i am

(para ler ouvindo lola, do kinks)

amiguinhos, preciso dividir com vocês o scrap que eu recebi hoje no orkut:

Cris Ativocarent
Gostaria de saber é difiicil virá travesti?
Como fasso, mandeme resp porfavor
beijos, me adciona vai porfavor
Bom feriadão
beijos

não pensem que acabou. olhe o que tem no about me do sujeito: "Só adciono travestis neste orkut.E amigos passivos".

ou seja, eu fui confundida com um travesti. oi, alguém avisa?

será que é porque meu about me é "priscilla, a rainha do deserto"?
por causa da foto com coroa de miss?
por causa da comunidade "filho meu, hétero?"?
são muitas perguntas sem resposta. o que vocês acham?

p.s. dedico esse post a marília e a rachel, que eu nem sei se estão me lendo.

pedindo uma pausa

gente, só eu não agüento mais ouvir falar do caso isabella? foi muito triste, chocante, me solidarizo com a dor da mãe e da família, que deve ser absurda... mas não agüento quando resolvem transformar esse tipo de coisa num circo.

primeiro, o promotor tinha lá que ir dar entrevista antes mesmo da perícia ter sido concluída? não. é só porque ele quer aparecer.

segundo, de onde tiraram que cada passo que se dá na investigação é para ser transmitido em alto e bom som por todos os veículos de mídia?

terceiro, alguém manda o imbecil que criou aquela capa da veja escrito "foram eles" (clique aqui para ver) aprender o que significa jornalismo? os desenhos reconstituindo o crime também são de mau gosto, e totalmente querendo influenciar o leitor (ok, a veja é assim).

eu realmente não posso achar normal ouvir de uma aposentada que não conhece ninguém da família, que mora no bairro onde tem a delegacia e que tentou furar o bloqueio só para poder gritar "assassino" perto dos indiciados, que ela está sem dormir desde que o crime aconteceu. gente, quem pode dar uma declaração dessas é um familiar, a mãe da menina. e a outra, que faltou o trabalho e pegou não sei quantos tranportes, para ir para a porta da delegacia com um cartaz escrito "ASSACINOS" (sic)?

sei lá, eu me choco com a mobilização que as pessoas mostram em certos casos, mas que nunca aparece quando a população de fato deveria mostrar sua indignação.

e é isso. espero que os culpados sejam descobertos (caso não sejam o pai e a madrasta), espero que não estejam fazendo outro caso escola base com o pai e a madrasta, espero que o julgamento aconteça, seja rápido e justo. mas, por favor, esse assunto, da forma mundo cão como está sendo explorado, já me cansou.

domingo, 20 de abril de 2008

diálogo

- você nem me contou que você tinha um blog!
- é, eu tenho. mas isso só tem 2 semanas.
- e já tem tudo aquilo escrito???
- é que eu sou assim, verborrágica...

made in france, rio vermelho

você quer apenas tomar uma cerveja. mas claro que isso não é possível, visto que passam 200 mil pessoas vendendo tudo o que você poderia querer comprar enquanto está ali, sentado ocioso numa mesa de bar. tem gente com bijuterias, bizarras ou não, querendo saber se você quer dar uma olhada no "meu trabalho", tem o inevitável poeta que vende seus livros nas ruas, tem os meninos que vendem balas, e você ainda consegue se surpreender quando um cidadão chega anunciando "chiclete que dá choque, caneta que dá choque, cortador de unha que dá choque", e, não contente com isso, vai demonstrar seu produto para uma freguesa em potencial, aplicando-lhe um choque (ela deve ter virado inimiga em potencial depois disso).

aí você, com medo da chuva, migra para uma mesa dentro do bar, onde é possível observar uma criança de 5 anos dormindo na mesa, há horas, já que sua mãe não quer largar o copo. e é abordado, pela janela com grades, por um dos malucos habituais do bairro, que seu amigo já conhece. eu corro léguas de maluco, mas tem gente que curte.

mas o que esperar de um bar que aceitou veicular, no espelho do seu banheiro feminino, um anúncio do seda chocolate que diz assim: "se o garçom desequilibrar a bandeja, a culpa é do seu cabelo. você, irresistível como o chocolate. novo seda chocolate"?

sábado, 19 de abril de 2008

todo dia era dia de índio

(saudades do tininim e da turma do pererê)


...mas hoje eles só têm o dia dezenove de abril.

falando sobre índios, eu tive um professor de direito constitucional que enrolou durante 4 semestres, faltando várias aulas, fazendo piadas, ensinando alguns pontos com uma maravilhosa profundidade, como por exemplo: - partidos políticos. o unipartidarismo: o unipartidarismo é o regime político em que se tem apenas um partido político. o bipartidarismo: o bipartidarismo é o regime político em que se tem 2 partidos políticos. o pluripartidarismo: o pluripartidarismo é o regime em que se tem vários partidos políticos. de todos, o pluripartidarismo é o mais democrático. e agora vamos falar sobre...

pois então, no fim do 4º semestre, quando o curso de direito constitucional estava acabando e ninguém sabia muito o que afinal estava escrito naquele livro chamado constituição federal, ele resolveu ensinar tudo o que não tinha falado ao longo daqueles dois anos. abriu a constituição e começou:

- dos índios. índio? o que é índio? tem uns indiozinhos aí... a FUNAI também não faz nada... bom, é isso. da educação e do desporto...

então, minha gente, feliz dia do índio pra geral. vamos todos cantar curumim com mara maravilha, e sair pelados pintados de verde.

eu sou uma índia, sou filha da terra, sou filha do sol...

sexta-feira, 18 de abril de 2008

nivelando por baixo

li uma notícia hoje que me deixou perplexa (para ver a matéria original, clique aqui):

"
Em Taubaté, concurso para escriturário tem questões sobre BBB e casal 'global'

Quem não acompanhou a última edição do 'Big Brother Brasil' nem o fim do relacionamento de um casal de atores da TV Globo pode ter ficado de fora da seleção para escriturário da Prefeitura de Taubaté (130 km de SP).

Esses assuntos, entre outros, foram tema da prova do concurso público promovido pelo município no último domingo para a contratação de 40 escriturários (servidor encarregado da escrituração de registros ou expediente em repartição pública).

Ao todo, 1.600 pessoas concorreram às vagas. O resultado sai na próxima semana. Os classificados serão contratados para desempenhar trabalhos burocráticos, por R$ 450 mensais.

'Alexandre, Bianca e Fernando participaram de que edição do programa Big Brother Brasil?' e 'Que famoso casal "global" anunciou, recentemente, o fim do casamento?' foram duas das questões. O teste teve 80 perguntas optativas, divididas em português, matemática, informática e atualidades.

Uma das perguntas foi anulada por erro da organização. Questionava o nome do presidente da Câmara Municipal de Taubaté, mas a opção correta - vereador Luiz Gonzaga Soares (PR) - não constava entre as alternativas.

A seção de atualidades incluiu também questões sobre política ('Quem é o atual prefeito de São Paulo?'), saúde ('Qual é a doença transmitida através do mosquito -Aedes aegypti-?') e esportes ('Quais são os três pilotos brasileiros que disputam a temporada 2008 da Fórmula 1?').

O diretor do departamento de administração da prefeitura, Julio Cesar Oliveira, disse não ver problemas na inclusão das questões na prova. 'Diga por que não pode pôr? Isso é uma coisa da administração. Ela resolveu colocar essa questão e pronto.'

O presidente da Câmara Municipal criticou a prova. 'Esse tipo de pergunta me parece mais relacionada a fofoca do que a conhecimentos gerais. As pessoas poderiam ter sido questionadas, por exemplo, sobre Monteiro Lobato ou Mazzaropi, que fazem parte da cultura de nossa cidade', disse Soares.

Ele afirmou que enviou requerimento ao prefeito Roberto Peixoto (PMDB) solicitando explicações. O documento pede ainda que o prefeito cancele o concurso."

eu achava que o cúmulo da idiotice era terem perguntando, num concurso que eu prestei (por sinal, pra juiz), quem era, depois de madre paulina (paulínia? whatever) o santo brasileiro que estava em processo de canonização (era frei galvão, na época das tais pílulas com as orações). eles conseguiram superar, trocando uma pergunta sobre religião católica por uma sobre BBB e outra sobre casais globais. dá vontade de chorar.

se uma empresa da iniciativa privada quer achar que é importante que seus funcionários tenham esse tipo de conhecimento, paciência. mas um concurso público perguntar esse tipo de coisa faz meu coração doer.

sing along with the beatles

outro dia eu estava pensando: estou ficando velha e acho que nunca saberei cantar as músicas de outra banda como eu sei cantar as dos beatles. digo, saber as letras de praticamente todas as músicas de uma banda que não sejam eles.

eu comecei a gostar dos beatles na sexta série (e lá se vai um bom tempo), depois que uma professora de música me deu uma nota baixa num trabalho, dizendo que eu não sabia nada sobre eles. dá pra ver minha personalidade invisivelmente do contra se manifestando desde então, por sinal.

como uma espécie de vingança, ou nem sei movida por que sentimento (orgulho ferido, talvez?), fui atrás de meu avô musical, que tinha todos os discos deles. gravei em fitas (já falei disso aqui), de uma forma inusitada, porque separei alguns álbuns para que eles coubessem nas fitas. então sgt. peppers mesclou-se com algumas canções de algum outro álbum, e terminou com as músicas finais de sgt. peppers, e virou uma fita chamada "sgt. pepper's show", que servia para eu me imaginar num grande musical, cantando aquelas músicas, sapateando, dançando e usando mil figurinos luxuosos. foi muito bom ser criançavirandoadolescente numa época em que você não tem que ser mini adulto aos 13, 14 e 15 anos.

como não tinha internet, você (no caso, eu) tinha que se virar nos 30 com o que aparecesse com as letras das músicas. no meu caso, revistinhas de violão (sendo que eu nunca toquei violão na vida, só pra constar), alguns discos que tinham encarte, sentar com o rádio do lado e ouvir a música, tentando tirar a letra de ouvido e ir pausando a cada frase... copiar em cadernos com títulos em caneta colorida e outras bichices. um dia que foi particulamente feliz foi quando, na casa de um primo meu que também adora os beatles (e morava em são paulo quando eu morava em salvador), eu descobri que ele tinha UM LIVRO COM AS LETRAS DE TODAS AS CANÇÕES DOS BEATLES. isso em 1995. eu fiquei horas ali, querendo possuir aquilo, ter tempo de copiar todas as letras, e no fim, acabei mesmo foi olhando aquelas dúvidas que eu tinha das letras de algumas músicas que conhecia de ouvido e só.

aí veio a internet e tudo mudou e a vida da gente ficou bem mais fácil.

de qualquer forma, o objeto mesmo desta divagação é esse: eu nunca mais vou ter tanto tempo livre, imaginação, vontade (ganas, mesmo, na verdade) e o sentimento de que só aquela banda importa, para aprender a cantar todas as letras. hoje em dia são 50 novas bandas e artistas por dia que você "tem que ouvir", sem contar quando você (de novo, no caso, eu) surta e pensa que "como assim eu não sei nada sobre samba? preciso aprender TUDO!" (eu sei, tenho que parar com essa mania totalizante). ou seja, não é só o presente e as coisas novas que surgem a cada dia. tem todas as coisas VELHAS que você nunca ouviu direito e quer conhecer. não tem como aprender a cantar tudo, só se eu fosse autista que nem dustin hoffmann em rain man, totalmente desocupada e anti social (quem vai deixar de sair pra tomar cerveja porque vai ficar em casa decorando todas as letras do sonic youth? eu é que não).

de qualquer forma, tem os que sempre terão paris. e eu sempre terei os beatles.

ARGH!

gente, que se passa com a last fm, que acordou de mau humor hoje?

quinta-feira, 17 de abril de 2008

o amor é cego e brega - parte 6

(para ler ouvindo "2 become 1", das spice girls)

o orkut de casal

me desculpem aí os que são adeptos desta coisa "as metades da laranja" quando estão namorando. eu sei, é bonito, a gente passa a ser metade de um casal, e de repente tem coisas que deixam de ser nossas ou do outro, e viram "da gente". tem o restaurante onde o casal gosta de comer, e a pizza que o casal sempre pede, e o barzinho onde o casal gosta de ir, e a música do casal...

eu entendo tudo isso. faz parte. agora, nada me explica o motivo do CASAL ter um perfil de orkut. sim, o casal. nem estou falando de "fulana ama beltrano", porque este perfil é de fulana (problema dela). o foco aqui é o perfil "chiquinha & eduardo - amor eterno", que é DO CASAL, ponto.

é até difícil falar sobre isso, porque eu acho tão absurdo que não tenho muito como escrachar. minhas teorias para explicar os tais perfis? é a coisa de ser uma unidade formada por duas pessoas, tão bonito, tão simbólico, junto com a vontade de estar no orkut, mas já deixando claro que aquelas pessoas são bem comprometidas e ninguém se meta a besta de mandar scrap com meia segunda intenção, que ali não tem jogo. isso é uma "ótima" opção para que ciumentos controlem suas caras metade, ou para que namorados (as) de ciumentos tenham orkut, continuem usando aquele meio de comunicação e não sofram com as cenas de ciúme alheias. enfim, eu não sei.

quanto a usar como forma de controlar a possível galinhagem/traição alheia, encerro esse post com a seguinte frase: putão que é putão não tem orkut. e nem por isso vai deixar de ser putão.

surrealismo no café da manhã

- a senhora não quer que eu fale agora, então me lembre depois que eu tenho uma coisa pra dizer pra senhora.
- tá, tá, tá, maria, fale logo. o que é?
- não posso dizer. depois eu falo.

por que nenhum cineasta ligado ao movimento surreal filma umas cenas assim?

"Alice riu de novo:
- Não é uma questão de tentar, Majestade - esclareceu a menina. - A gente não pode acreditar em coisas impossíveis!
- Ouso dizer que você não tem muita prática - disse a Rainha. - Quando eu tinha a sua idade, sempre acreditava meia hora por dia. Ora, houve certas ocasiões em que consegui acreditar em até seis coisas impossíveis antes de tomar o café da manhã!"
Lewis Carroll (Alice no País do Espelho)

se alice andasse por aqui, seria fácil.

quarta-feira, 16 de abril de 2008

o amor é cego e brega - anexo explicativo do título

não sei quem aí se lembra do programa legal. era um programa com regina casé e luis fernando guimarães que tinha um tema e era reportagem misturado com sketchs de humor. teve sobre festa de debutante, sobre a bahia, country, heavy metal e o que deu origem ao nome desta série de posts: o brega.

esse era uma pérola. teve wando, sidney magal, banda vexame, anão de jardim, sapo, waldick soriano, marquinhos moura, rita cadilac, odair josé... e eu queria mesmo era saber porque diabos o povo lança cada bomba em DVD e não relança esses programas. alô rede globo!

enfim, sei que, digitando "o amor é cego e brega" no google pra ver se meu humilde blog aparecia, me deparei com um post de outro blog (clique aqui) onde tinha: o quadro final do programa legal brega!

gente, fiquei bege. quase choro de emoção.

e agora, todo mundo cantando junto! eu sou brega mas sou feliz, muito mais brega é o meu país!




são muitos momentos especiais para comentar. então, por enquanto, destaco apenas marquinhos moura de macacão branco sem camisa. freaky!
update 1: gente, o que é aquele mullet de josé augusto?????
update 2: ex-students do vieira, elson forrogode (o que canta "me orgulho do chifre na testa") é o irmão gêmeo perdido de garrido nosso ex professor de física, né não?
update 3: e marquinhos moura, todo sisintindo edson cordeiro?

o amor é cego e brega - parte 5

as depilações "especiais"

é fato que o mundo está cada dia mais pelofóbico. mas não sei se é isso o que explica o surgimento e disseminação das depilações criativas. por depilação, neste tópico, entenda-se a retirada de pêlos da área pubiana, ou, como eu prefiro falar, das partes pudendas.

enfim, não sei quem foi o autor de mais esta brilhante idéia que entra para o rol de coisas ridículas que as pessoas - no caso, as mulheres - fazem por amor. o fato é que, em algum momento da vida, alguma moça concluiu que era possível demonstrar seu apreço pelo namorado através das artes depilatórias, e que este artifício ainda teria a vantagem de deixá-lo excitado. esta, gravem bem, é uma das maiores mentiras do universo. não conheço UM ÚNICO ESPÉCIME do sexo masculino que goste de depilação criativa. ou é xana natural, ou aparada, ou bigodinho de adolf hitler style, ou sem nada (também conhecida como "parece uma menina mongol", como diria uma amiga minha): as demais variantes, que eu saiba, não fazem a cabeça dos meninos.

que demais variantes, algum ingênuo leitor poderá estar se perguntando. pois é. você pode não saber, mas as moças andam depilando suas xerecas em formato de coração, flor, raio, estrela e luar. aliás, acho que nem wando ia achar gatinha uma dirce toda enfeitada.

tá achando que é mentira? pois eu faço questão de transcrever um trecho de um texto que achei nesta matéria do site bolsa de mulher (
clique aqui para ler a íntegra):

"Mas a criatividade na depilação não se limita a virilhas cavadas, simples ou ao uso do fogo na hora de fazer a arte final. As 'periquitas' podem ganhar, inclusive, formas lúdicas, de acordo com a ocasião. Coração, lua, estrela, flor e sininho de natal são apenas alguns desenhos que praticamente transformam a depiladora em artista plástica e você, em obra de arte. 'Nós usamos umas forminhas, parecidas com aquelas de fazer doce, para marcar o desenho com um lápis especial, e depois tiramos o excesso de pêlos com a cera. Os detalhes são feitos com a pinça mesmo', explica a depiladora Paula Gomes. E isso não é nada. Alessandra Jordão, uma das proprietárias da Pello Menos, acrescenta que os desenhos podem ser, ainda, emoldurados e coloridos. 'Temos uma tinta importada, dermatologicamente testada, que pode ser usada para emoldurar o desenho escolhido ou até para pintar todo ele. O coração pode ser pintado de vermelho, a estrela de azul, e assim por diante. Dura uns 15 dias. Há também mulheres que pintam os pêlos de louro e outras, mais velhas, que nos procuram para disfarçar alguns pelinhos brancos que começam a aparecer', revela.

Escolhidos normalmente para ocasiões especiais e comemorações, os desenhos fazem o maior sucesso entre as mulheres. "Dia dos namorados é uma loucura. Todo mundo quer coração", diz Alessandra. A depiladora Nilza Fluminense garante que letras do alfabeto também fazem parte desse modismo. "Elas pedem para depilar no formato da inicial do nome do namorado quando querem fazer uma surpresa, no dia do aniversário deles ou em uma data especial para os dois. É engraçado", comenta."

dá pra piorar? sim. é possível ainda aplicar strass. ai, que luxo! o problema é que não é elton john quem vai te comer, menina...

gente, sério. se você, mulher, quer fazer isso por você mesma, que lindo (ou não). mas não ache que está agradando. digamos que o cara gosta da região ainda que com estas bizarrices, e não por causa delas...

terça-feira, 15 de abril de 2008

pessoas legais que se reproduzem

num mundo em que carla perez se casa com xanddy e eles têm filhos com nomes que utilizam cerca de 250 caracteres para serem escritos, é um alívio e uma alegria quando pessoas simpáticas, inteligentes e fofas se reproduzem.

de forma que este post é uma descarada homenagem a bia, luciano "lux luxo" (o fotógrafo das estrelas) e maria clara, que até pouco tempo atrás era conhecida por apelidos fofos, porém assexuados (o bebê, o biscoitinho e afins).

agora que já sabemos que "IT'S A GIRL!", aproveito para colocar aqui algumas instruções que possivelmente serão úteis aos futuros pais.


(clique para aumentar)

UPDATE: agora é sério, pode clicar que está rolando ampliação (jeni, thanks pelo feedback!).

leitura dinâmica

que bonito é o dom de ler algo reinventando o que ali está escrito. coloca toda uma poesia na sua vida.

exemplo: eu vi um banner preso num poste, na rua, onde se lia

ÁRVORE:
corte
poda

e eu li

AVISO:
corte
foda

não é mágico?

cada um no seu quadrado

é o seguinte: o que eu vou mostrar agora é bizarro (bom, mas o que não é, sendo assunto aqui?). e não é original, uma pá de gente já conhece.

mas é que tem os amiguinhos que não viram, e que precisam tomar ciência. porque "cada um no seu quadrado" virou gíria, e pra ter uma idéia do tipo de coisa que toca em porto seguro (nota mental: correr léguas de porto seguro). sim, porque o kibe loco fez o vídeo em cima desta música que, segundo me disseram, já era hit no hoje destino de maior número de viagens de formatura do 2º grau deste nosso brasilzão.

é isso. com vocês, a dança do quadrado:




ah, sim, essa música gruda no cérebro, viu? dança bonito, dança bonito!

domingo, 13 de abril de 2008

luz del fuego

(para ler ouvindo fire, de jimi hendrix)

eu não sou exatamente o paradigma de pessoa desastrada. tá certo, eu me bato em quinas de mesa e cabides, costumo ter alguns hematomas que fazem os mais criativos imaginar que eu apanho do marido (nem apanho nem tenho marido), mas não vivo derrubando coisas em mim ou no chão, nem esquecendo minhas chaves ou os guarda-chuvas pelo mundo. mas já percebi que eu sofro de uma piromania involuntária que me deixa deveras apreensiva.

sexta passada acordei e descobri que tinha deixado o forno ligado desde a noite anterior, quando fui esquentar o jantar. eu esqueci o forno aceso durante 12 horas, gente! sem nada dentro, graças a deus. isso me fez pensar no assunto, e me lembrei que:

- certa feita estava acendendo velas de santos numa espécie de trezena particular para santo antônio. aí cheguei em casa do trabalho, esbaforida, acendi as velas pra fazer aquela social com o santo durante a meia hora que eu levaria para me arrumar e sair de novo. o que vocês acham que aconteceu? claro, saí correndo e esqueci de apagar as velas. quando voltei para casa, minha roomate me disse que ela chegou e encontrou 3 tocos de vela e um monte de cera derretida em cima da geladeira (onde estavam as minhas velas). não preciso dizer que santo antônio não me ajudou em nada. ah, e as velas não eram daquelas finas, default, não. eram de santo, grossas, votivas.

- uma vez, estava bem feliz tomando banho, quando o chuveiro elétrico explodiu. não sei se a resistência queimou, se deu um pico de energia, se foi fusível ou que porra aconteceu, mas eu tomei um susto do caralho e ainda fiquei com frio.

- eu tinha um aquecedor elétrico. li as instruções do bicho e já fiquei tensa, afinal tinha todo um lance de luz de emergência, super aquecimento, e mil recomendações para não colocá-lo perto de papéis, cortinas, tecidos, tapetes, madeiras e qualquer coisa inflamável (pergunta: se o piso de sua casa não é de pedra ou cerâmica, você desiste de usar o aquecedor?). usei 2 vezes, em dias bem frios em que nem o pijama de flanela, dois pares de meia, uma colcha grossa e mais o edredon foram suficientes, e mesmo assim acordei a noite toda morrendo de medo da casa estar em chamas. aí, certo dia, estou no computador, com frio, e resolvo que, afinal, qual seria o problema de ligar o aquecedor e deixar o ambiente mais confortável? beleza, liguei ele numa tomada que ficava na parede em frente ao quarto e fiquei lá, bem feliz. eis que de repente, eu olho e o fio do aquecedor está pegando fogo! digo a minha roomate que vá pegar o extintor no corredor do andar, ela levanta calmamente, interfona e começa a dizer ao porteiro (falando bem devagar e serenamente): "o senhor poderia subir aqui? é que tem um aquecedor pegando fogo. não, não, é sério. eu juro, moço.". nesse meio tempo, eu já tinha levantado, ido olhar o extintor, constatado que o mesmo não era indicado para incêndios de origem elétrica, pegado minha havaiana e abafado o fogo, e puxado o aquecedor da tomada, morrendo de medo de tomar um choque.

- um dia estava exercitando meus dotes culinários. acendo o gás e aperto o botão da chama do forno, que não acendeu (mas eu não percebi). um tempinho depois, abri o forno e, quando vi que não estava aceso, eu burramente APERTEI NOVAMENTE O BOTÃO DA CHAMA (atenção, amiguinho, NUNCA FAÇA ISSO, você vai ver porque). o forno estava cheio de gás. o que você acha que aconteceu? sim, veio uma labareda do inferno, digo, do forno, e chamuscou meu cabelo e os pêlos dos meus braços. juro, até hoje eu tenho um tufo de cabelos que não crescem direito e eu acho que a culpa é deste incidente.

milagrosamente, nunca queimei o cabelo acendendo cigarro, mas eu tenho o bom senso de saber que, com esse histórico de eventos, se não for pra acender com isqueiro, fósforo ou, no máximo, vela, que eu deixe de ser intrépida porque vai dar merda.

o problema é: eu adoro velas. nem devia chegar perto, mas adoro, fazer o quê?

eu só espero que minha morte jamais seja tema do darwin awards...

por favor, não!

estão dizendo por aí que compadre washington (lembra? é o tchan? quebra ordinária?) vai protagonizar UM FILME PORNÔ.

compadre washington, pra mim, é TÃO sexualmente repelente que se no mundo só sobrarmos eu e ele, a humanidade se extingue (ou eu aprendo a me reproduzir de forma assexuada). aí eu leio uma notícia dessas e não tenho como não achar que sim, de fato, o apocalipse está mesmo chegando.

sem contar aquele lindo penteado soul glo style que ele insiste em usar.

se você não se lembra, soul glo é um produto capilar que deixa seu picumã com um maravilhoso brilho molhado. veja o comercial:



ah, esta maravilha existe apenas no universo do filme "um príncipe em nova york", de eddie murphy (um clássico da sessão da tarde, cuja melhor frase é "o pênis real está limpo, alteza").

voltando ao filme: tomara que seja primeiro de abril.

curtinhas de ontem

no aeroporto, 07:30h da manhã (depois de ter ido dormir às 4h e acordado às 6h). um bolo de homens com camiseta do capital inicial falando sobre show da banda em salvador (medo, esse povo vai viajar no meu avião?). uma galera batendo papo bem na frente do balcão do check in achando que estava em casa. eu com sono e de mau humor e achando aquela cacarejação toda o cu da cobra. aí um cara resolve interagir comigo, numa vibe paquera, e fala:
- tá indo pra salvador? vai ter show do capital. se você quiser, entra de graça, é só falar comigo.
eu olhe para ele e sorrio candidamente, e respondo:
- eu odeio o capital inicial.
gente chata que não deixa você curtir seu mau humor em paz, pô!

******************************************
no supermercado, pescando diálogos alheios.
- ah, que bom, você pegou o agrião.
- não, isso é rúcula.
- hum... então eu não sei o que é agrião.

******************************************
tomando várias num almoço (que saiu às 19h).
- então, marimar, maria do bairro e maria mercedes são todas iguais.
- gente, claro que não! de jeito nenhum!
- tá, e qual é a diferença?
- gente, marimar... é no mar.
- ...
- e tem los avozitos...
- los abuellitos.
- sim, los abuellitos que morrem e ela vai se vingar.

******************************************
tudo isso num período de menos de 24 horas.

sexta-feira, 11 de abril de 2008

the number of the beast

ontem o blog fez uma semana e eu me passei e esqueci de postar falando isso (sim, porque, pelo menos no início, eu vou fazer parecido com dona canô, que está comemorando aniversário a cada mês).

eis que agora vou olhar e descubro que já tive 666 visualizações de página. achei digno de nota.

ah, e já foram 299 visitas. quem for o 300º visitante e quiser se acusar... aviso, isso não vale prêmios. mas a gente pode fazer uma presepada se a pessoa quiser.

e quem está lendo, mesmo sem deixar comentários, fico muito feliz, hein?

quinta-feira, 10 de abril de 2008

o amor é cego e brega - parte 4

(para ler ouvindo i just call to say i love you, de stevie wonder)










o "desliga você"

eu já namorei. e, claro, já cometi algumas breguices - mas em pequena escala, pois, afinal, sou uma amadora perto da criatividade romântica de certas pessoas. para citar um exemplo do meu romantismo, eu falava longamente ao telefone.

até aí, eu falar durante horas e horas não é exatamente uma novidade. quem tem paciência de ler os meus posts já deve ter percebido a minha verborragia (eu até botei ela lá em cima no título do blog). eu só posso supor, porque realmente não me lembro, que eu já tenha exercido minha dose de "conversa mole" de namorados. aquela coisa de ficar conversando sobre nada em particular, falando com uma voz meio idiota. aliás, que horas foi que inventaram que infantilizar a voz é uma forma de demonstrar carinho e afeto?

mas tudo tem limite. tem uma coisa que eu NUNCA fiz, que é aquele famoso diálogo do "desliga você". ele é assim:

- vamos desligar?
- vamos.
- então, você desliga primeiro.
- não! desliga você!
- não, desliga você.
- já sei. eu vou contar até 3 e nós desligamos juntos, tá bem?
- combinado.
- vamos lá. 1, 2, 3... hum, você não desligou, hein?
- nem você, né?
- ah, então, desliga você...

(repete ad infinitum)

eu gostaria de acreditar que isso é puramente folclórico e nunca aconteceu de verdade, mas eu definitivamente não tenho tanta fé no bom senso do ser humano. Sobretudo no do ser humano apaixonado.

e, pensando bem, nesse caso, eu deveria dizer que o amor é SURDO e brega.

o amor é cego e brega - parte 3

(para ler ouvindo tunnel of love, do dire straits)

o túnel do amor

a estética do que é romântico é altamente questionável. vermelho? corações? cupidos empunhando arcos? cisnes? bichinhos de beijando e carregando corações onde se lê eu te amo? ursinhos de pelúcia? rosas em profusão (se bem que das rosas eu gosto)? é toda uma gama de imagens de "bom gosto". vá lá, individualmente são legais. mas não, romantismo pressupõe exagero e intensidade.

só pode ser isso que levou alguém a imaginar o túnel do amor. sim, aquele brinquedo de parque de diversões onde você e o seu par passeiam num barco em forma de coração, cisne ou qualquer outra imagem medonha (para um barco), e vão passando por cenas românticas com tudo o que foi acima citado, e muito mais, todos juntos.

eu acho que o túnel do amor deve ter sido inventado para permitir que casais dessem uns amassos sem ficar em evidência, como no escurinho do cinema. só pode, gente. ou, ainda, para que os namorados enrolassem as meninas com a conversa do "vamos no túnel do amor?", e esse amor fizesse a guria topar, pelo romantismo, sem imaginar que a intenção do outro é que role todo um love fight durante o percurso.
aliás, só o nome do negócio já dá uma idéia de penetração. é impossível não associar com sexo. a gente só não tinha notado isso quando era criança.

a partir do momento em que passamos a ter motéis, o túnel do amor deixou de ter sentido. aliás, é incrível como os motéis mantiveram a tradição da cafonice dos supracitados túneis. estou falando dos que resolvem ter decoração "romântica". e dá-lhe cama redonda, colcha de metalassê vemelha, almofadas de corações, abajures cor de carne, lençóis azuis, cortinas de seda e corpos nus (tá bom, esses não fazem parte da decoração original). pra mim, isso é a prova de que o objetivo do túnel do amor e do motel é o mesmo: servir de local para abate.

tá ótimo, mas eu preferia abater/ser abatida num lugar de mais bom gosto...
p.s. eu aproveito para avisar que nunca andei no túnel do amor.

parem as rotativas! chinese democracy tem chances de ser lançado!

meu povo, eu não falei que o apocalipse estava chegando, por causa do 1º bebê do ano ser da cidade inominável e etc? pois é.

chinese democracy é o disco do guns 'n' roses que está para sair há, sei lá, mais de 10 anos. já tinha entrado para o rol de lendas urbanas e figuras do folclore, quando de repente, não mais que de repente, olhem só a notícia:

"Axl Rose finalmente entrega seu disco 'Chinese Democracy' para gravadora lançar

Publicada em 10/04/2008 às 12h27m -
Jamari França - O Globo Online

RIO - Os alicerces do establishment rock se abalaram nesta quinta-feira com a notícia de que Axl Rose finalmente entregou seu disco "Chinese Democracy", na verdade do Guns n'Roses, pronto para a gravadora Geffen após 14 anos e US$ 13 milhões gastos em gravações e regravações. Axl e a companhia estão negociando agora os termos financeiros do contrato para o lançamento, ainda sem data marcada.

O lançamento terá um reality show simultâneo com o registro das gravações e de aspectos pessoais e reveladores da vida de Axl nestes 14 anos. Não se sabe o canal que recebeu a proposta, mas foi informado que se trata de música, o que assinala para a MTV ou VH1. Informações dos sites New Musical Express e Gigwise e Allyourtv.


A notícia ocorre no momento em que o grupo Velvet Revolver, com ex-integrantes da fase de grande sucesso do Guns'n'Roses, perdeu seu vocalista Scott Weiland, que voltou para o Stone Temple Pilots. O guitarrista Slash deu entrevistas recentes sobre o disco "Appetite for destruction", o primeiro do Guns, lançado em 1987 e considerado um clássico do rock. Além de Slash, integram o Velvet os ex-Guns Matt Sorum (bateria) e Duff McKagan (baixo).

"Chinese democracy" virou o maior mico do rock'n'roll devido aos constantes adiamentos ao longo dos últimos 14 anos. Axl destruiu a formação que fez sucesso até meados dos anos 90, no rastro dos discos "Use your illusion 1" e "2". Quando se viu sozinho com o tecladista Dizzy Reed, o único da formação consagrada a aturá-lo, Axl se tornou recluso e começou a trabalhar no que seria "Chinese democracy". Em janeiro de 2001 ele esteve no terceiro Rock in Rio e fez shows também em 2002 e 2006, quando participou do Rock in Rio Madri.

Ele prometeu "Chinese democracy" para o final de 2006 com uma turnê que começaria em outubro daquele ano. Depois deu uma nova data de lançamento, seis de março de 2007, e depois anunciou novos adiamentos.

Na turnê de 91, Slash e Mckagan cederam os direitos sobre o nome da banda para Axl, mas eles dividem o controle do catálogo referente ao período em que estiveram na banda. Eles já entraram com vários processos para receber direitos autorais e para que o cantor compartilhasse a administração desses direitos. O guitarrista Izzy Stradlin deixou a banda em novembro de 1991, Slash, McKagan e Sorum saíram ao longo de 1996 e 1997.

Axl parecia destinado a ser um dos grandes vocalistas da história do rock não fosse sua acidentada carreira. Resta ver se ele vai vir com uma formação convincente e se vai mostrar estabilidade para que o Guns tenha uma carreira consistente. Aos 46 anos, já não tem mais a beleza de seu tempo de consagração, mas mantém o carisma quase intacto.".

(fonte: http://oglobo.globo.com/cultura/mat/2008/04/10/axl_rose_finalmente_entrega_seu_disco_chinese_democracy_para_gravadora_lancar-426771723.asp)

não sou fã do guns, mas não pude ignorar essa notícia. sinal de que em abril, os caminhos se abriram mesmo, e as coisas vão andar.

ou então, como eu disse, é o apocalipse. get ready for armagedon!

os pandas, o sexo e o fim do mundo

pandas e sexo são duas palavras que não guardam relação. os pandas não são muito chegados num fuque-fuque, de forma que a espécie pandística está em extinção. até porque, como diz a aniversariante do dia, o panda é um bicho que come bambu metade do dia (porque eles deviam ser carnívoros, mas, como não são, precisam comer 20 kg de bambu por dia), dorme quase a metade do dia, e o tempo que sobra, ele vai brincar de rolar na grama. tá vendo? não sobrou tempo para o sexo. é por isso que os pandas são o chabu da criação.

(em tempo: é chabu ou xabu?)

o engraçado é que um animal que não é chegado na brincadeira seja sempre tema de reportagens falando sobre reprodução, que é uma decorrência do sexo. olhe essas notícias:

Zoológico tailandês exibe filmes pornô para casal de ursos panda

Bangcoc, 27 mar (EFE).- A direção do zoológico tailandês de Chiang Mai (norte) recorreu a filmes de ursos panda copulando para tentar acabar com a abstinência sexual do casal de exemplares que alugou da China por US$ 250 mil com a idéia de que procriasse, informou hoje a imprensa local.

Mas o macho, que há uma semana vê 15 minutos por dia do filme, mostra-se indiferente às imagens das atividades sexuais dos pandas, segundo a veterinária Kannika Nimtrapol.

Os veterinários decidiram recorrer aos filmes depois de colocarem o macho, Chuang Chuang, de regime, já que, por ser muito pesado (150 quilos), parecia ter dificuldades para fazer sexo.

A dieta que Chuang Chuang segue, que inclui comer menos talos de bambu e mais folhas, foi imposta depois que outros métodos destinados a estimular seu desejo sexual falharam.

Nimtragol reiterou que a direção do zoológico optará pelo método da inseminação artificial da fêmea caso nem o regime nem os filmes encorajem Chuang Chuang.

O zoológico de Chiang Mai alugou o casal de ursos panda em outubro de 2003, para exibi-lo durante dez anos.

(fonte: http://noticias.bol.uol.com.br/ciencia/2007/03/27/ult1809u11049.jhtm)


Panda fica grávida de gêmeos mas não sabe quem é o pai

A libertinagem que ameaça a tradição e a moral da família chegou ao mundo animal. Uma panda gigante que engravidou no zoológico de San Diego, nos EUA, não sabe quem é o pai!

Bai Yun, que foi cedida ao zoológico americano pela China, deverá dar à luz no fim do mês. Uma ultrossonografia detectou que, ainda por cima, a panda terá gêmeos.

Na verdade, a paternidade está em questão não por que Bai Yun é uma panda de vida fácil. Ela foi inseminada com esperma de um macho depois de ter ido para os finalmentes por três vezes com outro, em março deste ano.

O editor do UOL Tablóide espera que o caso de Bai Yun seja resolvido em TV aberta, no programa do Ratinho.

(fonte: http://noticias.uol.com.br/tabloide/tabloideanas/2003/08/05/ult1594u66.jhtm)

você vê, o povo aí produzindo filmes pornõs para pandas, e não adianta nada. mas pra quê tanto esforço? gente? ah, eles são fofinhos. olhe a foto abaixo
e fique a vontade para emitir o grunhido universal da fofura (essa eu li no 02neurônio), aquela coisa nhooooom.



e só pra terminar, eu me lembrei de um colega que tive na 4ª série do primário que era metido a roqueiro e, inspirado no disco cabeça dinossauro dos titâs, compôs uma música emblemática para o movimento punk. a letra era assim:

"o mundo vai se acabar!
vai morrer
vão morrer os ratos, as formigas
só vão ficar os... PANDAS!!!"

let's talk about pandas


como hoje é aniversário de minha amiga mais panda descontrol, aproveito a data para fazer uma homenagem a ela.

esse ano vai ser lançada a animação kung fu panda, da dreamworks. pode ser que você já tenha visto, no cinema, o teaser em que ele aparece pedindo para as pessoas desligarem o celular, e não ficarem mandando mensagem tic-tic-tic-tic-tic-tic. estou ansiosa para lançarem logo, porque pelos trailers, vai ser muito engraçado.

ah, você não viu os trailers? tem problema não, olha eles aqui:







that was awesome!!!

e gente, o cara que narra esses trailers é sempre o mesmo? no dia em que ele morrer, o que vai acontecer com a gente? ou é um programa de computador que sintetiza essa voz?

quarta-feira, 9 de abril de 2008

mendigando até afeto

todo mundo, alguma vez na vida, já atraiu uma pessoa louca. pois é, aconteceu comigo numa sexta-feira de noite que já ficou no passado, andando na avenida paulista. saio do metrô para esperar o ônibus junto com minha amiga, fumando um cigarro.
aí um mendigo se aproxima de nós, olha para mim com ar cúmplice e me pergunta: "fumamos?".
eu respondo: "você eu não sei, eu fumo.".
ele rebate: "me arruma um cigarro?".
eu digo: "não tenho.", porque nem fudendo ia abrir a bolsa ali.
ele fala coisas desconexas que eu não entendo e nem ouço muito bem, e eu e minha amiga apertamos o passo.
eis que o cidadão GRITA no meio da avenida paulista: "PELO MENOS DIGA QUE VOCÊ ME AMA!" (AMA AMA AMA AMA ecoando)
que nota?

em tempo: estou sem fumar há 64 dias. não, não parei por causa do evento acima narrado, não.