Páginas

quinta-feira, 3 de abril de 2008

dançando com raffaella carrà

eu queria deixar claro que estou aqui dividindo este vídeo com vocês porque acho que ele é imprescindível para o conhecimento de mundo das pessoas, motivo pelo qual farei uma análise do mesmo a seguir.



agora que vocês já viram, assistam novamente, prestando atenção nos seguintes pontos:

- o ombro do dançarino que abre o clipe, criando vida própria;
- a roupa dos bailarinos, com ênfase no top, na calça e no conjunto da obra;
- a coreografia simplesmente FE-NO-ME-NAL, nunca vista antes (nem depois, por sinal);
- as caras e bocas dos bailarinos (por exemplo, em 0:32);
- o passinho "100 metros com obstáculos" em 0:43;
- o incrível efeito especial: em 0:59 você fecha a câmera em raffaella e quando abre de novo, em 1:03... tcham! os bailarinos sumiram!
- a sambadinha manca em 1:18;
- minha parte preferida: a dança espanhola super máscula no solo de guitarra flamenca, que vira uma dança tribal com todo o corpo de baile, que vira raffaella batendo cabelo no jardim + dança tribal + bateção de cabelo com pirueta e pã;
- o pas de deux dos bailarinos e bailarinas, dançando e rodando;
- e, quando você pensa que já viu tudo, o final, com todos terminando em poses criativas.

tenho certeza de que vocês estão todos boquiabertos com tanta técnica e inovação, não é?

7 comentários:

Jorge H Moraes disse...

Vendo este clip, entendo perfeitamente porque algumas pessoas pegam metralhadoras e entram nos macdonald´s da vida, lá nos esteites e matam todo mundo...

menina_pati disse...

em momentos como esse, levanto minhas mãos, olho para o céu e agradeço pela invenção do youtube e as mentes toscas que dele usufruem.

Iuri Rubim disse...

É MUITO TOSCO... mas seus comentáriso são ótimos! Beijão, JUbs

ming da porcelana disse...

eu que te passei essa videa!
nao contava com o estrago hha ;)

très julie disse...

pois é, ming, você não sabia, mas naquele momento, estava criando um monstro.

isso sem falar da imensa utilidade deste vídeo como "genérico de prozac": não tem como ficar de mau humor após assistir a tal pérola coreográfica. =D

Fany disse...

Definitivamente, essas pessoas não tinham mãe!
Devidamente linkado para o meu orkut. O mundo precisa conhecer Raffaella Carrá.

ana piii disse...

eu preciso transcrever um diálogo, via scrap, com uma amiga que já FOI bailarina do teatro guaíra (pra quem não conhece, é uma das maiores/melhores "companhias"/escolas de dança do país).
Primeira mensagem:
23:11 (1 hora atrás)
Cláudia:
Tô susse...
Queria lembrar o nome daquele clipe com a coreografia brega q vc me mostrou.
bjão


ok. eu ainda pensei que ela pudesse estar falando de um outro vídeo, mas algo me disse que era a Deeva que ela mencionava. enviei um link com o clipe já citado anteriormente. segue a resposta dela:

23:29 (1 hora atrás)
Cláudia:
Valeu!!!!!!!!!!!!!
Vou mostrar pra minha professora de jazz.
bjs


teremos a FANTÁSTICA coreografia de La Carrá em algum festival de dança por aí?