Páginas

sábado, 5 de abril de 2008

pode beijar a noiva

antes de entrar no tema mesmo deste post, queria falar que eu ADORO notícias tabloideanas. essa coisa "anão vestido de palhaço mata oito", que, na maioria das vezes, carrega um humor involuntário, mesmo que se esteja falando de uma tragédia. pode ser, também, apenas o relato de um acontecimento absurdo, tendente ao surrealismo, o que apenas prova que a arte imita a vida (ou vice-versa, a depender da situação).

explicado o meu interesse, vamos ao que interessa: deparei-me hoje com a pérola UOL tablóide entrevista Noiva Abandonada (para ler, clique aqui). a noiva abandonada é uma moça que estava noiva e, como ela mesma diz em seu blog (sim, ela tem um blog - para ler, clique aqui), tomou um pé na bunda do noivo, e agora quer vingança.

"toda uma vibe kill bill"


bróder, o negócio é o seguinte: após o rompimento, ela foi vista andando pela cidade de são paulo vestida de noiva, tá boua? e ela levava e distribuía folhetos com uma foto scaneada e sacaneada do ex-noivo, e o endereço do blog. ah, o blog. pois é, no blog, ela avisa que foi abandonada e que vai se vingar "saindo com um desconhecido. Já pensei em tudo: toda semana saio com um homem. Se você quiser ser um candidato, tem que se cadastrar aqui e falar porque devo sair com vc (sem baixaria, viu?) E olha, é só por uma noite. Se for mulher, pode ser minha aliada, porque se a gente não se unir eles vão continuar aprontando com a gente.". é mole?

ah sim, a noiva tem orkut (no blog dela tem o link), onde tem fotos dela a caráter. eu me solidarizo, sinto pena, mas... BENZADEUS, QUE VESTIDO É AQUELE??? e tem luvinhas madônnicas combinando (aviso: não é porque madonna é diva e maravilhosa que isso faz com que as luvinhas sejam consideráveis féxion, tá?). cruzes, fiquei toda arrepiada, igual a um maxixe, como diria uma amiga de minha mãe.

e aí que uma das perguntas da entrevista é essa:
"Editor do UOL Tablóide - Você diz que vai se casar com o próximo namorado de qualquer jeito. Não é melhor conhecer ele melhor, ver se ele ronca, se ele acorda de mau-humor, se ele deixa a tampa da privada levantada, essas coisas?

Lúcia - A gente vai se conhecer direito! Querendo ou não, ele vai se casar! Eu não vou mais ser feita de palhaça de novo! O cara que quiser sair comigo que tome cuidado, que vai ser ele!"

bom, eu não acho que isso vá funcionar exatamente como um chamariz, mas o que eu sei da vida?

depois de ler tudo isso, eu fiquei pensando: não é incrível como sair com outra pessoa (e isso não só no caso dela não, existem milhões de gentes por aí afora fazendo o mesmo, só que sem tanto estardalhaço) é considerado uma forma de se vingar de quem te deu o fora? teoricamente, quem terminou tudo não está minimamente preocupado que o/a ex dê para toda a torcida do flamengo (eu disse teoricamente). e se você vai ler o blog, percebe como ela faz questão de esfregar na cara do ex noivo (se é que ele está lendo) tudo o que está fazendo e como ela está se divertindo loucamente sem ele. só faltou cantar olhos nos olhos/quero ver o que você faz/ao sentir que sem você/eu passo bem demais, filmar e botar no youtube.

outra coisa que essa história me faz pensar é: como as pessoas andam botando a bunda na janela hoje em dia, e como a internet funciona para isso como uma antena parabólica de alcance telescópico. ok, numa situação dessas, vá lá você criar um blog para desopilar e soltar todo o seu veneno; quem te conhece, vai saber o que ele fez, quem não te conhece vai apoiar, mas você ainda pode manter sua identidade velada. mas aí a criatura me entra no orkut, onde é totalmente possível identificá-la. e já vai conhecer as pessoas com essa vibe "noiva abandonada" que só mostra como você ainda não superou o acontecido.

e sabe do que mais? eu acho totalmente possível (ou melhor, provável) que, com todos os "contras" aqui enumerados (vestido bizarro, desespero matrimonial e atestado de "ainda gosto dele"), ela encontre o príncipe encantado, se case e realize o sonho dela. ao passo que eu sinto que com vários "prós" a meu favor, minha chance de realizar meu sonho é infinitamente menor - até porque, pra começar, eu não sei qual é meu sonho, o que dificulta deveras a realização do mesmo.

e ainda não querem que eu ache que o mundo é bizarro...

p.s. aproveito para pedir aos coleguinhas que lembrem de mim quando virem notícias tabloideanas, e me mandem. adoro!

5 comentários:

Slap disse...

Julle, faltou você passar o link do blog. Também quero me candidatar à trepada vingativa, pô. =P

très julie disse...

o link estava lá, só que embutido na menção ao blog, ou seja, super escondido. como não estava nada claro, eu editei o post e acho que agora está mais visível. e o endereço é http://www.noivaabandonada.blog.br/.
ah, se der certo, vou querer saber as suas impressões sobre ela, hein? os detalhes sórdidos eu passo. :P

ana piii disse...

Se suas previsões finais acerca do futuro da vida amorosa dela se confirmarem, isso só reforça minha teoria de que homem curte mulher que faz alôka. Chora, esperneia, liga às 2h da manhã pra ter DR. Ou simplesmente pra perguntar quem é quem no orkut do cara.

Preciso tomar umas aulas.

Slap disse...

Como é que você deixou de comentar aquele vídeo tosco em que ela aparece socando a foto do infeliz?

très julie disse...

eu não vi o vídeo, gente! mas depois dessa, preciso ir lá.