Páginas

quinta-feira, 10 de abril de 2008

parem as rotativas! chinese democracy tem chances de ser lançado!

meu povo, eu não falei que o apocalipse estava chegando, por causa do 1º bebê do ano ser da cidade inominável e etc? pois é.

chinese democracy é o disco do guns 'n' roses que está para sair há, sei lá, mais de 10 anos. já tinha entrado para o rol de lendas urbanas e figuras do folclore, quando de repente, não mais que de repente, olhem só a notícia:

"Axl Rose finalmente entrega seu disco 'Chinese Democracy' para gravadora lançar

Publicada em 10/04/2008 às 12h27m -
Jamari França - O Globo Online

RIO - Os alicerces do establishment rock se abalaram nesta quinta-feira com a notícia de que Axl Rose finalmente entregou seu disco "Chinese Democracy", na verdade do Guns n'Roses, pronto para a gravadora Geffen após 14 anos e US$ 13 milhões gastos em gravações e regravações. Axl e a companhia estão negociando agora os termos financeiros do contrato para o lançamento, ainda sem data marcada.

O lançamento terá um reality show simultâneo com o registro das gravações e de aspectos pessoais e reveladores da vida de Axl nestes 14 anos. Não se sabe o canal que recebeu a proposta, mas foi informado que se trata de música, o que assinala para a MTV ou VH1. Informações dos sites New Musical Express e Gigwise e Allyourtv.


A notícia ocorre no momento em que o grupo Velvet Revolver, com ex-integrantes da fase de grande sucesso do Guns'n'Roses, perdeu seu vocalista Scott Weiland, que voltou para o Stone Temple Pilots. O guitarrista Slash deu entrevistas recentes sobre o disco "Appetite for destruction", o primeiro do Guns, lançado em 1987 e considerado um clássico do rock. Além de Slash, integram o Velvet os ex-Guns Matt Sorum (bateria) e Duff McKagan (baixo).

"Chinese democracy" virou o maior mico do rock'n'roll devido aos constantes adiamentos ao longo dos últimos 14 anos. Axl destruiu a formação que fez sucesso até meados dos anos 90, no rastro dos discos "Use your illusion 1" e "2". Quando se viu sozinho com o tecladista Dizzy Reed, o único da formação consagrada a aturá-lo, Axl se tornou recluso e começou a trabalhar no que seria "Chinese democracy". Em janeiro de 2001 ele esteve no terceiro Rock in Rio e fez shows também em 2002 e 2006, quando participou do Rock in Rio Madri.

Ele prometeu "Chinese democracy" para o final de 2006 com uma turnê que começaria em outubro daquele ano. Depois deu uma nova data de lançamento, seis de março de 2007, e depois anunciou novos adiamentos.

Na turnê de 91, Slash e Mckagan cederam os direitos sobre o nome da banda para Axl, mas eles dividem o controle do catálogo referente ao período em que estiveram na banda. Eles já entraram com vários processos para receber direitos autorais e para que o cantor compartilhasse a administração desses direitos. O guitarrista Izzy Stradlin deixou a banda em novembro de 1991, Slash, McKagan e Sorum saíram ao longo de 1996 e 1997.

Axl parecia destinado a ser um dos grandes vocalistas da história do rock não fosse sua acidentada carreira. Resta ver se ele vai vir com uma formação convincente e se vai mostrar estabilidade para que o Guns tenha uma carreira consistente. Aos 46 anos, já não tem mais a beleza de seu tempo de consagração, mas mantém o carisma quase intacto.".

(fonte: http://oglobo.globo.com/cultura/mat/2008/04/10/axl_rose_finalmente_entrega_seu_disco_chinese_democracy_para_gravadora_lancar-426771723.asp)

não sou fã do guns, mas não pude ignorar essa notícia. sinal de que em abril, os caminhos se abriram mesmo, e as coisas vão andar.

ou então, como eu disse, é o apocalipse. get ready for armagedon!

2 comentários:

Barbie disse...

ihh que merda. sera que ele está se aproveitando desse fuzue todo em redor da polemica-da-tocha-de-pequim-2008 como promocao indireta?

safadjenho.

fabiana disse...

É primeiro de Abril de novo?