Páginas

terça-feira, 8 de abril de 2008

aluga-se

a gente sempre pensa que já viu de tudo, e sempre se engana. por exemplo, que tal esta novidade?

"Bolsinhas rodadas
A assistente de Carrie Bradshaw no filme "Sex and the City", que estréia em maio, é louca por bolsas. Mas como não tem dinheiro para comprá-las, a personagem interpretada por Jennifer Hudson aluga modelos de grife. Não é papo de ficção, e sim merchandising de um site de aluguel de luxo. As "fashion victims" (vítimas da moda) americanas podem usar serviços como o Bag Borrow or Steal, o Bling Yourself e o From Bags to Riches, que oferecem os lançamentos das grifes dos sonhos a preços mais acessíveis. Uma semana com uma bolsinha da Prada no Bag Borrow or Steal sai por US$ 78 (cerca de R$ 135), contra os US$ 1.110 (aproximadamente R$ 2.000) pela compra. Para andar por aí durante um mês com uma Dolce&Gabbana a tiracolo, é preciso desembolsar US$ 139,95 (cerca de R$ 240) no From Bags to Riches. A mesma bolsa é vendida no site da marca por US$ 995 (aproximadamente R$ 1.700). Esses sites só atendem os Estados Unidos.

ONDE ENCONTRAR
Bag Borrow or Steal,
www.bagborroworsteal.com
Bling Yourself,
www.blingyourself.com
From Bags to Riches,
www.frombagstoriches.com"

(fonte:
http://www1.folha.uol.com.br/fsp/vitrine/vi0504200801.htm)

as pessoas estão levando a futilidade a níveis nunca vistos. alugar uma bolsa de griffe? pra sair pagando de trendy? eu já não entendo aquela maluquice de comprar bolsas falsificadas, ainda mais com todo o sistema de castas envolvido - as falsificações pébas, e as que o povo diz "mas veja a qualidade, é por isso que custa r$ 300!". se for pra pagar 300 r$ numa bolsa falsificada, eu compro uma numa loja qualquer, né?

se você vai alugar algo pra uma festa, um evento único, não vale a pena comprar, ok, super entendo. só que não é o caso aqui.

quem me conhece sabe que eu adoro bolsas, sapatos, moda e essas viadages todas. mas imagine se eu vou querer sair por aí fazendo sucesso com uma bolsa alugada? tá boua, né?

9 comentários:

Quéroul disse...

ai, gente, pelamor!
e eu aqui que tô querendo vender bolsa?? será que tem uma fatia desse mercado pra mim?

tô de acordo: ô coisa mais besta alugar marca.
affÊ!

(e, ai, adourei a ausência dos códegos. obrigadam, gatam!)

fabiana disse...

Não tem coisa mais ridícula que alugar roupa/bolsa de marca, era só o que me faltava!

Eu tenho uma LV falsificada (ganhada), mas, não vejo sentido em pagar caro (pelo menos para as minhas posses 300 reais por uma falsificação é caro) por uma marca, só para ostentar a marca. Sei lá, sou muito aí para coisas artesanais e couro sintético de qualidade.

ps: arrasou no layout! Eu disse que não era difícil!

Beijocas

Eduarda disse...

Sei lá.

Por ser de marca, é cafonão. Mas sabe que a idéia de alugar uma bolsa que se goste ao invés de comprar me agrada? Bolsa enche o saco. Eu vivia comprando e depois vendendo as minhas bolsas para amigas ou no ML, então a idéia do descartável é boa...

Claro que nada disso se aplica pra mim hoje em dia...couro e tal...

Quéroul disse...

ai, Duda, me dá dicas.
quero vender bolsas no Mercado Livre também!!!!!

me ajuuuuuuuuuuda criatura!

(é a Dudex, né? se for outra Eduarda, prazer, soy Quéroul. quero vender bolsas. =**)

très julie disse...

HAHAHAHAHAHAHAHAHA!
quéroul, eduarda é dudex, sim. mas eu gostei mesmo foi do "quero vender bolsas", que dá toda a impressão de que você está fazendo bolsas e vai entrar de cabeça nessa nova carreira

Eduarda disse...

É, eu achei isso também... :P

Alguém me passa o imêiu da Quéroul pq não tem no perfil dela do Blogger. Grata.

fabiana disse...

Quéroul, se forem bolsas artesanais, monta um blog com preço e tudo, tipo esse aqui:

http://paletadecorbazar.blogspot.com/

Anônimo disse...

Eu ia ficar em PÂNICO com uma bolsa dessas. Ia ficar com medo de surgir uma manchinha qualquer e me obrigarem a comprar a dita cuja.

Fernanda

très julie disse...

a idéia é boa, sim. seria bem legal se eu pudessee alugar bolsas por um tempo, ainda mais do preço que elas estão.
mas concordo com fer que o medo ia ser grande. imagine, uma bolsa clara, daquelas lindas, que eu não compro porque tenho certeza que vai sujar? alugada, aí mesmo é que ia aparecer uma criança demônio com um pincel atômico e riscar toda.