Páginas

quarta-feira, 9 de abril de 2008

o amor é cego e brega - parte 1

(para ler ouvindo volta pra mim, do roupa nova)

como diz o comercial do sprite, o amor deixa a gente idiota. aparentemente, tal idiotice se manifesta com muito mais intensidade em determinadas pessoas, o que me faz supor que talvez seja uma questão genética.

os motivos eu não sei, mas sei que estar apaixonado pode levar as pessoas a cometerem as maiores atrocidades ao bom senso e, sobretudo, ao bom gosto.

então, aproveitando que ainda está longe do dia dos namorados, e que daqui até lá, se necessário, eu posso renegar a maternidade destes posts (:P), vou listar os maiores micos bregas que a paixão pode fazer alguém cometer (calma, não todos num mesmo post, porque eu sei que eu escrevo muito). vamos começar?


a mensagem de amor no carro de som

"oh, god, the lovemobile has run me over!"


antes de mais nada, é preciso ter em mente que o carro de som com mensagem nada mais é do que
uma adaptação dos costumes antigos. lembra das serenatas de outrora? a serenata era uma forma do rapaz cortejar a dama através da música. o moço enamorado se dirigia ao local de moradia de sua amada, munido de um violão, e cantava para ela uma música que expressasse seus sentimentos, enquanto a donzela ouvia tudo embevecida de sua janela. o tema escolhido provavelmente era alguma composição de pixinguinha, como rosa. tudo muito delicado e romântico.

aí de repente começaram a surgir os edifícios, tijolo por tijolo num desenho lógico, e eis que a urbanização vertical inviabilizou as serenatas (salvo se a senhorita habitasse o 1º pavimento). era preciso algo mais poderoso, para atingir com sua potência sonora todos os andares dos prédios da região, demonstrando ao mundo "como é grande o meu amor por você". e eis que algum gênio das comunicações - que também calhou de ser alguém de um mau gosto do caralho - pensou: por que não um carro de som? por que não alto falantes? por que não homenagear dodô e osmar? (tá, isso ele não pensou)

o carro de som também tem a vantagem de permitir que apaixonados que não dominam talentos musicais demonstrem o seu amor, e é tão democrático quanto os tempos atuais, permitindo a utilização tanto por homens quanto por mulheres.

na prática, o carro de som é tão glamouroso quanto a kombi anunciando as pamonhas de piracicaba ou o caminhão que chega trazendo morangos doces, laranjas madurinhas e olha a melancia! pense na visão, ou melhor, no som do inferno. uma trilha sonora "maravilhosa" do naipe de bruno e marrone ou, por que não recorrermos aos internacionais? lara fabian, celine dion ou kelly clarkson, além do príncipe do saxofone mela cueca, mr. kenny g. enquanto isso, um locutor ou locutora recita uma poética mensagem num tom que nos faz pensar em telemarketing ("por favor, não desligue. a sua ligação é muito importante para nós"). o conteúdo? algo do gênero "o amor não tem dia e nem hora para chegar. e, quando ele chega, nos arrebata, porque só o amor é capaz de conectar duas almas que estavam predestinadas a se tornarem uma só".

quer morrer? fica pior. lembre-se que não apenas o objeto do afeto de quem mandou o carro vai ouvir a mensagem, mas TODOS os que estiverem no arredores (num raio de 6 km, creio eu) ficarão cientes de todo este amor.

ah, você acha que eu estou exagerando? vá neste site e comprove que não:
http://www.loucurasdeamor.com.br/carrodesom.html

que tal fazer uma surpresa pro seu amor com:

Pick-Up Ford Ranger

Toda decorada com bexigas e corações na pintura do carro,

Painel eletrônico com nome do homenageado e uma frase a escolha do cliente,

Giroflex,

Filmagem em DVD Grátis, entregamos na hora,

1 CD com mensagens e músicas da preferência do cliente,

1 dedicatória para o locutor ler,

Para mulher: Buquê de rosas ou coração de pelúcia ou urso,

Para homem: Champagne ou coração de pelúcia,

Queima de fogos e vulcão (para mais fogos entrar em contato),

Chuva de prata,
Show de sky paper (máquina de papel laminado),

Microfone,

Som de trio elétrico, bem alto e nítido.

gente, NÃO!

amar em silêncio? que nada, o negócio é "eu te amo e vou gritar pra todo mundo ouvir!!!"

3 comentários:

Eduarda disse...

Eu já estive numa festa em que teve isso. Mas não era de um daborado para outro; uns amigos é que resolveram deixar o aniversariante desconfortável. Aí foi -sóumpouquinho- menos brega...

fabiana disse...

Em outubro do ano passado, meus avós completaram 50 anos de casados e tal, rolou esse carro de som aí à meia-noite em ponto. Vergonha alheia total, fui parar do outro lado da rua!

E meus vizinhos são especialistas nisso!

très julie disse...

gente, ser acordado por um carro de som? tenho medo, hein?