Páginas

domingo, 6 de abril de 2008

it's evolution, baby!

as pessoas adoram premiações e rankings. seja para reconhecer e homenagear os melhores de cada categoria ou ramo, seja para falar dos piores. acho que funciona como uma espécie de aviso de "não assista (ou se o fizer, tenha noção do perigo)", que é o framboesa de ouro, "não se dê ao trabalho", que é o prêmio ig-nobel, e "não seja tão idiota", que é o darwin awards. eu adoro os três, e quero falar um pouco deste último.




"LOOK MOM! NO HEAD!"



o darwin awards (http://darwinawards.com/) é o oscar das mortes bizarras, cretinas e incríveis. ou, como eles dizem, é uma homenagem àqueles que melhoram a espécie humana, se retirando dela, de forma acidental. a idéia deles é: se você é estúpido o suficiente para morrer de uma forma tão imbecil, o mundo só tem a agradecer por você ajudar a evolução da espécie humana, deixando que os mais espertos no jogo. evoluction in action!

o site tem menções honrosas, lendas urbanas, lemas... imagino que qualquer história bizarra que você já ouviu sobre morte deve estar lá (por exemplo, aquele caso da abertura de magnólia, do suicida que toma um tiro enquanto está caindo). e dá para fazer pesquisa por termo.

a revista mundo estranho (diz a lenda que é a "capricho para meninos") publicou uma matéria sobre as 10 mortes mais bizarras do mundo, compiladas por eles (ou não, vá saber se eles pescaram isso de outro lugar), na edição de abril de 2007 (matéria
aqui). eu peguei esse ranking deles porque não dá para ficar lendo todas as histórias do site e ainda escolher. e no fim, eu conto a minha preferida, que, ao que parece, é apenas uma lenda urbana.

10. OLHA A FACA!
2005, MISSAUKEE (ESTADOS UNIDOS)
Abrimos nosso ranking com a história de Christopher, um rapaz de 19 anos que sentiu falta de algumas garrafas de licor em seu bar. Suspeitando do vizinho, ele teve uma brilhante idéia de vingança: iria se esfaquear e acusar o cara! Começou o auto-esfaqueamento: na primeira facada, tudo bem. Na segunda, a faca atingiu uma das artérias do coração, e Christopher foi beber licor em outra dimensão.
Dias depois, a polícia inocentou o vizinho do roubo das garrafas - ele nem estava na região quando rolou o crime.

9. HOLANDÊS VOADOR
2004, BLERRICK (HOLANDA)
Um garoto de 19 anos queria provar aos amigos que conseguia correr na mesma velocidade do carro em que estavam viajando - os caras estavam bem devagar, a uns 32 km/h. O plano era saltar, correr ao lado do carro e voltar num pulo. Só que, na hora em que o infeliz tocou o solo, caiu e bateu com a cabeça no asfalto. Um pequeno passo para o homem, um salto direto ao Darwin Awards.
Para comparar, o jamaicano Asafa Powell, recordista mundial dos 100 metros rasos, corre a prova a 36,8 km/h.

8. É PROIBIDO FUMAR
2006, YORKSHIRE (INGLATERRA)
Quando um médico diz que você não pode fazer determinada coisa é melhor obedecer, né? Philip Hoe, um aposentado de 60 anos, estava fazendo um tratamento de pele à base de parafina e não podia fumar. Bobagem, um cigarrinho não faz mal a ninguém, pensou o cara. Philip acendeu o troço e aliviou-se com a nicotina no organismo. Maaaaas…

O cara quis apagar a bituca do cigarro com o tênis - e tinha escorrido um pouco de parafina no pisante. Altamente inflamável, o produto transformou o inglês em uma tocha humana ao entrar em contato com a brasa.

7. UMA MENTE BRILHANTE
2003, SÃO PAULO (BRASIL)

Responsável pela limpeza de tanques de armazenamento de gasolina em caminhões, o brasileiro Manoel Coelho seguia o protocolo à risca: enchia os tanques de água para forçar a saída do vapor inflamável, um procedimento-padrão que evita explosões. Naquele 29 de janeiro de 2003 ele precisou checar o nível da água em um dos tanques. Como estava muito escuro, ele acendeu um isqueiro para clarear a área. Hummm…
Ele descobriu da pior maneira - voando 100 metros pelos ares - que ainda havia combustível no tanque.

6. VELOCIDADE MÁXIMA
1997, DAGBLAD (HOLANDA)
Quer coisa melhor do que sair um pouco do escritório e tirar a cabeça dos problemas? Uma empresa na Holanda ofereceu um dia de passeio em grupo. Sabe quando o motorista do ônibus fica pedindo para não colocar a cabeça pra fora da janela? Dois funcionários resolveram sentir o vento nos cabelos, contrariando o sábio aviso.
Infelizmente, havia um viaduto no meio do caminho. A cabeça deles não foi arrancada de forma completa, como em um desenho animado - mas ficou suficientemente ferida para provocar a morte imediata de ambos.

5. O PILOTO SURGIU!
1997, SOROCABA (BRASIL)
O carregador Marcelo Dias dos Santos provou na prática a dureza do ditado "na hora errada, no lugar errado". Distraído pelo som de um cd player, o cara pedalava sua bike numa boa quando foi atropelado e morreu. O fato não seria assim tão bizarro, não fosse o fato de o "veículo" ser um Sêneca, prefixo PT-RVA - ou seja, um avião bimotor, cujo piloto não viu o ciclista.

A
ntes de culpar o aviador, não podemos deixar de mencionar que Marcelo estava pedalando pela pista do aeroporto da cidade...

4. MAR EM FÚRIA
1997, BUXTON (ESTADOS UNIDOS)
Buscando paz e sossego na praia de Outer Banks, na Carolina do Norte, o americano Daniel Jones resolveu cavar um buraco na areia e relaxar. Era um senhor buraco, de 2,5 metros de profundidade - o cara realmente queria privacidade! O problema é que a ressaca do mar não respeitou muito esse desejo: com a maré subindo, uma onda forte invadiu o buraco, levando uma mistura de água e areia pra cima do pobre Daniel.! Vários banhistas tentaram abrir o buraco usando pás de brinquedo, mas não adiantou. Daniel Jones foi declarado morto no mesmo dia.

3. FRANGAMENTE!
1995, VILA DE NAZLAT IMARA (EGITO)
Sabe aquele programa antigo do Sílvio Santos em que o participante tinha os ouvidos tapados por um fone enquanto o "patrão" perguntava coisas do tipo: "Você trocaria sua vida por um frango?" Brincadeira, claro. Mas, no Egito, seis pessoas disseram "siiiiim" na vida real. Elas morreram afogadas em um poço, após mergulharem para tentar salvar uma galinha. Inicialmente saltou o dono do galináceo, que começou a se afogar. Depois, um parente depois do outro, tentando salvar o cara. O problema é que nenhum deles sabia nadar.
Ah, sim, a galinha. Ela sobreviveu.

2. POR ÁGUA ABAIXO
2004, WOLFSBERG (ÁUSTRIA)
Depois de uma noitada regada a bebidas e drogas, um jovem austríaco voltava para casa, uma pensãozinha humilde na periferia. A causa da morte é até hoje um grande mistério, mas o que o dono da pensão viu na manhã seguinte ninguém imaginaria: o jovem havia morrido afogado na pia da cozinha. Aparentemente, ele resolveu entrar pela janela, acabou ficando preso e, na tentativa de se soltar, abriu a torneira.
O que ninguém sabe é por que ele não entrou pela porta, já que foi encontrado com as chaves no bolso.

1. MULA SEM CABEÇA
1995, VARSÓVIA (POLÔNIA)
A morte campeã do ranking foi causada pelo motivo que mais leva os homens a fazer idiotices: a tentativa de impressionar as mulheres. Foi o que rolou com um grupo de beberrões na Polônia. Para fazer uma graça com as gatas do bar, eles começaram uma competição para saber quem era o mais macho. Um dos participantes pegou pesado ao cortar um pedaço do pé com uma motosserra! Temos um campeão? "Não, veja isso", gritou o fazendeiro Krystoff Aznisnki, antes de levar a motosserra em sua direção e cortar a própria cabeça com o equipamento.
"Morreu como um homem", disse um amigo. Será?

a minha história preferida deste gênero (que, segundo o site, é lenda urbana, porque não se tem confirmação de que isto realmente ocorreu) é a do cara que que foi morto pelos seus próprios gases (você não entendeu errado). ele bateu aquele super prato pedreiro style de feijão com repolho, se deitou para tirar aquele cochilo e não acordou nunca mais. é que o quarto do infeliz estava todo fechado (portas e janelas) e digamos que a flatulência foi tão intensa que ele se intoxicou com o metano que ele próprio produziu, e mó-rreu. ah, sim, ele era obeso, e, segundo o site, tinha uma "ilimitada capacidade para criar o gás mortal" (isso é que é a verdadeira piada mortal, minha gente). ah, sim, e a melhor parte: a coisa em termos peidais foi tão forte que quando chegou o pessoal do resgate, 3 deles ficaram doentes e um teve que ser hospitalizado...

4 comentários:

ana piii disse...

Gente, NÃO!

Quéroul disse...

jesus me salva!

Eduarda disse...

Cara, morrer afogado na pia da cozinha...tipo, isso deve ser uma arte...

paula disse...

Tem uma que eu adoro. Vi na televisão já tem um tempo, procurei no google pra confirmar, mas não achei. Uns estudantes que resolveram comemorar a formatura pulando de bungee jump do teto da escola. Calcularam a distância do teto ao chão e pronto: eis o comprimento da corda. Só depois que o primeiro pulou e morreu instantãneamente, eles se deram conta de que esqueceram de incluir nos cálculos, não apenas a deformação elástica da corda, mas também a altura do imbecil, digo coleguinha.