Páginas

domingo, 8 de junho de 2008

o amor é cego e brega - parte 7

não pensem vocês que esta série tinha acabado. o problema é que eu tenho 25 idéias de uma vez e, claro, não dá pra sentar e escrever sobre todas, e depois dá preguiça e elas ficam anotadas num caderno.

mas com a proximidade do dia dos namorados, foi inevitável não relembrar deste tema e querer retomá-lo. então, vamos lá!

os presentes apaixonados

quem é um apaixonado - e, portanto, cego e brega - que se preze tem que respeitar certas regrinhas. uma delas é perder todo e qualquer bom senso na hora de presentear o ser amado.

o quê, isso não é uma regrinha? gente, só pode ser. que outro motivo levaria as pessoas a comprarem coisas como cartões gigantes que necessitam de guindastes para serem erguidos, todo e qualquer artefato em tons de vermelho e branco, de preferência com corações e mensagens cafonas e (pra mim, o pior) aqueles ursinhos apaixonados da lionella que sempre apareciam anunciados no programa dos trapalhões? eu tinha pânico daquele urso, que era horrendo, de pelúcia sintética branca, com cara de duro (bichos de pelúcia nem sempre são fofinhos, acreditem), e ficava apavorada com a possibilidade de alguém resolver demonstrar seu amor por mim dessa forma.

o pior é que esses presentes são feitos sob medida para datas como aniversários de namoro e dia dos namorados. num natal ou aniversário da criatura, você consegue se limitar a dar uma camisa, um livro, um disco, com no máximo um cartão do garfield. mas se é uma data "romântica", imediatamente as pessoas sofrem arroubos e saem à caça de canecas com mensagens do tipo "ooh, baby, i love your way", porta-retratos onde se lê "cara-metade", almofadas onde está escrito "para uma namorada PERFEITA!!!" e ursos com cara de bobos.

na verdade, esse tipo de presente também foi feito para agradar mães (supostamente) e pais, de forma que também temos as versões para presentear nas respectivas datas. outro dia eu vi um kit completo de presentes fofos para dar à SOGRA. sim, vocês leram certo. quem teve essa idéia só pode ter tomado caipirinha de bardahl com detefon.

claro que existem vários objetos nesta categoria que são fofos e compráveis. eu não acho que seja obrigatório achar que uma coisa é horrível só porque ela tem corações. mas, infelizmente,
o que é de bom gosto desta categoria acaba sendo uma grande exceção à regra. de forma que, nessas horas, tente controlar o desejo de demonstrar "como é grande o meu amor por você" através do presente. vale mais comprar algo que seja legal e que a pessoa de fato goste/vá usar do que chegar com aquele mico leão dourado em forma de objeto, e obrigar o pobre coitado a expor aquilo ao mundo.

mas é evidente que isso é para quem pensa como eu (que, aliás, já dei e recebi presentes apaixonados bregas, o passado condena). tem mil gentes que vão achar tudo de ótimo ganhar um coração de pelúcia vermelho com braços escrito "eu te amo um tantão assim!". tomara que os que gostam de ganhar e os que gostam de presentear se reconheçam e se tornem um feliz casal bregamente simbiótico.

7 comentários:

Fan disse...

O pior é que esses 2 itens descritos (urso branco da Lionella e coração vermelho com braços abertos) foram comprados pela minha pessoa PARA MIM MESMA, dado que eu nunca ganhei... Eu confesso, eu sou BREGA PRA CARALHO!!!!!

Ainda no assunto breguisse, mês passado eu e umas amigas encomendamos um "loucuras de amor" para uma amiga no dia do seu aniversário. Tenho que compartilhar isso com os coleguinhas: me surge, no local combinado (lê-se: porta do curso de teatro da vítima, digo, da homenageada) um carro branco cheio de corações cor de rosa escrito "Loucuras de amor", abre o porta malas e começa a tocar um axé básico. Quando a vítima sai, o motorista saca um microfone, chama o nome dela e começa a recitar um texto toooodo meloso (exatamente, se você lembrou das telemensagens, é nessa vibe). Depois o tradicional "Parabéns a você", fogos e champagne. Foi a coisa mais brega que já presenciei (e participei!) em TODA A MINHA VIDA.
A amizade também é brega!!
(pronto, contei!)

paula disse...

Voto em Fan para "coleguinha do mês dos namorados".

hahahahahahaha

Princesa Barbie disse...

gente, só tem uma explicação pra tudo isso: a reciprocidade. se a gente ama, acha fofo até o urso com cara de duro e fica fazendo cootchy-cootchy nele, lixando o dedo e ainda achando prático ("e ainda é útil pras unhas, não é, minha gente?"). se não se ama, jé-suis.

mas tem coisas que são potencialmente destrutivas de qualquer meubemquerer. uma amiga contava certa vez como estava apaixonada por um moçoilo. ele parecia ser sensível, genial, espontâneo, todo especial. ou talvez fosse só gostoso, o que a motivou a encontrar os tais atributos extras. porque um dia ela disse que entrou no carro dele. que dia? dia dos namorados (tinham se conhecido há, sei lá, um mês). ele disse que tinha uma surpresa maravilhosa para ela, e que queria mimá-la nesta data tão comovente. e não é que do nada, para espanto da amiga, ele embatuca o carro na frente de uma churrascaria podre do lado do center norte, aqueeeela que imita um rancho que poderia ser de propriedade da família de sandy?
ela achou que era brincadeira (se fosse, toda a cena se tornaria semi-hilária e combinaria com o espírito sagaz e inspirado do rapaz). mas não. era sério. segundo ela, o de menos foi o fato dele ter obviado o vegetarianismo dela ("tem um bufê de saladas enoooooorme e muitos tipos de massas"). mas gentchy, vem cá: CHURRASCARIA. com um alairton castigador dos teclados genérico, ao fundo, tocando canções de amô.
tudo indica que a passagem posterior pelo motel night & day da marginal, programada pelo rapagão, foi sumariamente cancelada.

Princesa Barbie disse...

O pior é que esses 2 itens descritos (urso branco da Lionella e coração vermelho com braços abertos) foram comprados pela minha pessoa PARA MIM MESMA, dado que eu nunca ganhei...

HAHA óptemo. ;p

très julie disse...

eu não tenho nada contra ir a uma churrascaria no dia dos namorados. inclusive, já fui. mas evidentemente que não é uma opção "romântica". mas sem cantor, por favor. só garçom pingando gordura nos clientes e aquelas cantadas podres adequadas ao ambiente: quer lingüiça, coração?

mas concordo que o problema aí é o cara querer tratar isso como se fosse *A* surpresa. se o casal combina antes, tá tudo ótimo.

très julie disse...

e gente, loucuras de amor é o site que aparece se você digita no google QUALQUER opção de coisa tronha pra fazer com o amiguinho/amorzinho. fan, minha filha, estou sendo enfática e falando sério: NUNCA faça isso comigo. a amizade também é brega, mas tudo tem limite.

Fan disse...

Gente, por favor, Loucuras de amor foi uma pegadinha para uma amiga que adora sacanear os coleguinhas! D-E-F-O-R-M-A-A-L-G-U-M-A eu utilizaria esse meio para homenagear alguem!! Eu sou brega, mas tudo tem limites nessa vida!!