Páginas

quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

todo ano tem

considerando que eu não consigo manter um blog decentemente atualizado, não deveria criticar quando parece faltar criatividade aos jornalistas, mas alguém me explique: por que raios têm essas matérias que saem TODO ANO ela faz tudo sempre igual? tem uns temas de reportagens que são eternas no coração da galera de comunicação, né?

por exemplo, a inovadora matéria sobre compras de natal dos retardatários, que começa sempre com o consagrado bordão "o brasileiro, você sabe, deixa tudo para a última hora" enquanto a câmera passeia pelo shopping lotado. aí, claro, vão entrevistar umas 3 pessoas que vão dizer coisas que, assim, não vão mudar a sua vida. qual o sentido?

claro que no período entre o natal e o reveillon, o show não pode parar. então, teremos a incomum pauta sobre as trocas de presentes depois do natal (jura que isso acontece?), a inédita reportagem sobre moda para o reveillon (super vai se usar branco este ano, acredita?) e a original mega matéria que mescla dicas diversas com a característica espiritualidade do brasileiro, e vai: a) revelar quem é o orixá e quais as previsões para o ano que vem (no tarô, nos búzios, na bola de cristal, nas folhas de chá, na numerologia, na astrologia, e, se possível, ainda vão buscar alguma coisa nas profecias de nostradamus); b) dizer quais são as cores para complementar o look branco; c) dar receitas de banhos de ervas para fazer em casa e máscara de camomila para não ficar pagando guaxinim na festa da virada; d) relembrar as cores de calcinhas que se deve usar para cada objetivo; e) falar sobre as simpatias para ter um ano bom (sendo que não tem como, na hora da virada, você, além de beber champagne e abraçar as pessoas ao som de alguma música supostamente otimista, conseguir pular 7 ondas, comer uma uva para cada badalada do relógio, e guardar as 12 sementes - aliás, onde é que ainda tem relógio que dá 12 badaladas?-, comer uma romã e guardar as sementes, comer lentilhas - pelo menos a alimentação vai estar saudável - e o que mais eles inventarem); f) achar que quem bebe tem bom senso e recomendar que as pessoas se mantenham hidratadas, de preferência tomando um copo de bebida intercalado com um de água, e que não misturem bebidas fermentadas com destiladas, e que se alimentem bem, de preferência comendo coisas leves.

e, claro, agora no início do ano, claro, pululam as nunca antes na hostória deste país pensadas reportagens sobre o preço do material escolar, com ênfase das listas de escolas que pedem a cada aluno o que a escola inteira vai usar (14 tubos de cola, 20 pacotes de papel sulfite, 10 caixas de lápís preto nº 2...).

e aí, alguém mais se lembra de alguma matéria que, assim como k-9 - um policial bom pra cachorro, passa todo ano na TV? não vale falar mal do programa de roberto carlos, hein?

Um comentário:

Dona Baratinha disse...

K-9,Um policial bom para cachorro...hahahah.
Esqueceram de Mim 1, 2, 2000...na época de Natal (Macaulin Culkin já deve estar de cabelo branco e ainda temos só a imagem dele com 6).
Tendências de moda depois das semanas de moda.
Quanto de álcool uma pessoa bebe para dar no bafômetro (desde que a nova lei surgiu), colocando pelo menos 5 pessoas de pesos, alturas, sexos e raças diferentes para ficarem bêbadas na frente das cameras e depois dizer que todos foram levados para casa pela equipe de produção do programa.
Pelo menos um programa de música in memorian.
Roberto Carlos, sempre.
Matérias entrevistando celebridades que pariram (te prepara para ver uma com a Bundchen logo mais) e ouvindo como estão felizes e realizadas depois que se tornaram mães.
Acústicos com bandas praticamente esquecidas, ou bândas fênix anos 80.
Tá bom, ou quer mais?