Páginas

terça-feira, 19 de janeiro de 2010

sansonite

quem tem, na sua vida, pessoas muito queridas&fofas MAS que têm "agregados" (uso esta palavra no sentido mais amplo possível) que são umas malas coloca o dedo AQUI!

todo mundo, né? então, outro dia estávamos conversando e falando a respeito de fazer um quarto do pânico no próximo evento social que envolvesse determinadas pessoas-fofas-pero-com-agregados-não-fofos, com já alguns selecionados para participar de tão aprazível ambiente e tal.

aí que meu pai, 2 dias depois, solta "a gente podia mandar o vizinho pro quarto do pânico, que tal?", e eu percebi que ele andava pensando em quem, afinal, ele mandaria pra lá. vou falar que, conhecendo a peça, o tal quarto do pânico vai concentrar mais gente que shopping às vésperas do natal. imagine o perigo se estas pessoas resolverem se reproduzir entre si...

aliás, falando em concentração de pessoas, eu queria entender o porquê de a espécie humana se transformar em gremlins (sim, porque não bastou darem água e eles se multiplicarem, também deram comida depois da meia noite, e eles viram todos uns demônios destruidores do ambiente) em épocas de reveillon e carnaval, sobretudo em locais litorâneos.

3 comentários:

Ana Paula disse...

Tô precisando de um quarto do pânico PRA MINHA VIDA ultimamente. Só em eventos seria POUCO.

;D

Dona Baratinha disse...

A única coisa que me deixa menos chateada com essa situação de veraneio é saber que a Europa recebe tipo, 10 vezes mais gente do que nós.

Quéroul disse...

muita gente chata no mundo.